Naris Up Medicated UV Cut and Whitening Face Powder SPF 50 PA+++

23 out

O produto de hoje foi enviado ao blog gratuitamente pela Cristiane Semanaka, do Cosméticos Japan

nariz+up+medicated+spf50+4

Naris Up Cosmetics é uma empresa japonesa que até então eu não conhecia e o produto é da linha whitening Medicated UV Cut, que além do fotoprotetor em pó, possui um clareador facial e outro corporal:

nariz+up+medicated+spf50+3

O único similar que eu tinha usado foi o Laneige Brightening Sun Powder SPF 50+/PA+++.

Sou um pouco chato para usar cosméticos com pigmentos, seja em textura base ou . No geral, não encontrava nada que ficasse “natural” na minha pele, principalmente por não achar um tom mais próximo da cor dela.

O que eu percebi usando uma fotoproteção em ?

A tez fica mais homogênea. Antes, bastava algumas horas fora de casa para perceber que a minha face ficava mais avermelhada, pelo sol e calor. Não que estivesse queimando, mas é uma reação comum da minha pele – e de quem tem pele sensível – quando se expõe a ambientes quentes.

Oleosidade equilibrada. Dependendo muito do produto anterior e a quantidade de usada, consigo um controle melhor do brilho.

Previne a oxidação do sebum no final do dia. Um pó comum já poderia ajudar nisso, mas no caso de um fotoprotetor com ingredientes antioxidantes/ clareadores, o resultado é bem melhor.

Proteção mais segura e estável. O pó “blinda” e fixa o filtro solar solar – aplicado previamente – na pele, evitando que o mesmo se desgaste com o suor e o sebo natural. Sem contar que a barreira física proporcionada tem melhor estabilidade.

O reforço de uma proteção solar física, que combinada com proteção solar tradicional, ajuda e previne a pele de manchas, seja pela luz solar ou por luz visível. Explicarei melhor ao longo da resenha.

Naris Up Medicated UV Cut and Whitening Face Powder SPF 50 PA+++

nariz+up+medicated+spf50+1

Alegações: um pó-base com ingredientes clareadores que penetram na pele e ajudam a inibir a produção de melanina, evitando o surgimento de manchas escuras e sardas.

O produto vem em embalagem com estojo espelhado, esponja de tecido macio e na quantidade de 9 g.

nariz+up+medicated+spf50+2

Embora tenha indicação como “base” (foundation), ele seria mais um fotoprotetor em pó, pois apresenta apenas um tom (bege natural, com fundo ocre/ amarelado), que tonaliza apenas os filtros físicos e previne resíduos brancos no final da aplicação. Talvez aplicado com esponja possa dar um acabamento base em pó de cobertura leve.

Antes de mais nada, não sou a melhor pessoa para analisar pó facial ou maquiagem, porque não tenho o hábito de usar. Eu prefiro não utilizar a espoja, mas a aplicar com leves “carimbadas” usando um pincel largo, desses para aplicar blush ou pó solto (nota: eu não tenho pincel apropriado e “afano” escondido da minha mãe, aceito doações.. rs).

No site tem uma foto, mas muito pequena e que mal dá para observar a única opção de cor (foto no início da postagem), porém, fotografei no estojo e na pele (ficou “tosco) para vocês verem um swatche:

nariz+up+medicated+spf50+5É um pouco pigmentado, mas tende a sumir na pele quando aplicado com pincel, proporcionando uma cobertura média.

Dependendo da quantidade usada, pode camuflar um pouco as linhas superficiais, mas nada excepcional para atenuar os poros.

Eu não saturo demais a pele, aplico uma camada, “carimbo” – dando leves batidas com o pincel – e depois dou um polimento, girando o pincel sobre o rosto, para concluir.

Nessa primeira aplicação, não achei que tenha adicionado algum tom. A cor bege natural ficou bastante sutil na minha pele, que se da melhor com algo mais próximo do ocre, com subtom amarelo. Assim, ajuda a reduzir o rubor natural – dicas da Meire!

Contrapartida, quando reforço a proteção no meio do dia, a pele pode apresentar um aspecto mais “iluminado“, talvez dos ingredientes minerais – Mica, provavelmente – então, em peles morenas sugiro aplicar por cima um outro  com um tom mais próximo da pele.

A cobertura final não chega a ser “pesada”, não com uma única aplicação, mas se reaplicar eu já percebo que no final do dia a pele apresenta alguns pontos mais marcados – não tanto quanto o pó Laneige, talvez por este ter um fator de proteção maior.

Por incrível que pareça, gosto mais dele na luz natural que na luz fria. Deve ser por falta de experiência, mas até mesmo proteção solar física em loção eu desgosto quando me vejo em ambientes com luz artificial branca.

Sempre procuro observar no espelho de aumento, numa luz natural, para saber como a pele ficou. Faço isso até com protetor solar comum, porque dependendo da luz ambiente, você pode tomar um susto ao se deparar com uma iluminação diferente (a luz do dia pode ser bem cruel, mas é um ótimo parâmetro para saber como ficou a sua produção final).

Como eu uso: após a minha rotina matinal (limpeza, hidratação, proteção solar líquida), enquanto estou aplicando meus cuidados corporais, espero o protetor solar fixar na pele. Então, finalizo com o pó Naris Up Medicated.

Quando pretendo ficar mais tempo na rua, ainda aplico um pó finalizador na zona T, como é o caso do Innisfree No-Sebum Mineral Powder.

Combinou muito bem com o Nivea Sun Mild e percebi um grau de matificação, controlando melhor o brilho até o meio do dia. Outro ponto positivo: não deixou a minha pele opaca, algo que eu acho muito artificial, principalmente para rapazes.

Não percebi perfume nele, o cheiro pode ser apenas dos ingredientes minerais. O bacana também é que não tive qualquer reação com o uso, como espirros, por exemplo, e nem ardência na área dos olhos.

O diferencial dos protetores em pó asiáticos, comparados com os ocidentais, é que além de ter texturas e tons mais propícios para quem tem a pele clara, conferem proteção solar alta e alguns “bônus”.

O Naris Up Medicated tem propriedade “quasi-drug” (“medicated” e “quasi-drug”, se formos simplificar, poderiam ser designações para produtos dermocosméticos aqui no Brasil), que são vários clareadores: um derivado da Vitamina C, o Ascorbil Fosfato de Magnésio. Este tem “boa estabilidade em relação ao Ácido Ascórbico (Vitamina C pura) e, ao penetrar na pele, libera Vitamina C livre, tornando-se capaz de exercer as funções similares a Vitamina C pura, como a inibição da melanogênese, ou seja, interfere e previne o aparecimento de manchas“.

Um outro ativo clareador presente é o Arbutim, já comentei sobre ele aqui, mas é um ingrediente whitening muito popular no Japão, encontrado em diversos produtos e cuja função é suprir a enzima tirosinase na produção de melanina.

Ambos são prescritos para tratamento de lesões hiperpigmentares, como manchas solares, sardas e melasmas e formulados em produtos, como protetor solar ou para uso diário, por não apresentarem fotossensibilidade.

Há também Extrato de Saxifraga, de ação anti-inflamatória e que se encontra no composto clareador conhecido como Biowhite; Ácido glicirrízico, extraído da raiz de Alcaçuz, também com ação anti-inflamatória e clareadora. Penso que eles podem ajudar na prevenção de eritema solar.

Na lista de ingredientes, eu consegui observar que a proteção solar é exercida por filtros inorgânicos, como Óxido de Zinco e Dióxido de Titânio, excelentes contra os raios UV-A e UV-B, e o  Octinoxate, contra raios UV-B.

Observação: se você utiliza protetor solar que contém Avobenzone (Butyl Methoxydibenzoylmethane), não é uma interação “bem-vinda” misturá-lo com um outro produto com Octinoxate (Ethylhexylmethoxycinnamate), porque este pode desestabilizar o Avobenzone. Explicamos melhor neste post.

Além dos filtros já comentados, também têm alguns tipos de Óxido de Ferro, que apesar se ser um pigmento avermelhado ou terroso, pode ajudar na proteção contra “luz visível”. Aliás, podemos classificar o Óxido de Ferro como um filtro inorgânico capaz de “refletir e dispersar as radiações UV e visíveis por meio de uma barreira opaca.”

A Dra. Denise Steiner comenta que “dos filtros físicos o melhor protetor é o óxido de ferro, muito pouco cosmético. O óxido de zinco é superior ao dióxido de titânio.”

Óxido de Ferro é o que, geralmente, é usado para tingir filtro inorgânico e reforçar a sua proteção contra a radiação. Conforme podemos ler nesta entrevista da dermatologista Ana Maria Mósca de Cerqueira para o caderno Ela (O Globo):

“… Quando eram muito aderentes, os filtros físicos tinham dificuldade de serem aceitos, porque deixavam as pessoas feias. Agora, coloca-se no filtro físico o óxido de ferro, que dá a ele um tom róseo. É o chamado filtro com base. A base usada pela maquiagem nada mais é do que um filtro físico sem nenhuma química envolvida. Com o índice de radiação alto, usar o filtro com cor é mais indicado porque é mais um agregador na proteção…”

Neste estudo, há a mesma observação e enfatiza a proteção contra luz visível: “a incorporação de pigmentos absorvedores aos protetores solares brancos aumenta consideravelmente a capacidade fotoprotetora desses produtos.

Esse efeito sinérgico é devido à reflexão da luz, aumentada consideravelmente pelo maior comprimento do percurso da luz atravessando a camada de protetor solar.

Formulações contendo filtros opacos e pigmentos absorvedores proporcionam eficaz fotoproteção aos indivíduos sensíveis à luz visível, bem como melhor aceitabilidade cosmética.

Ainda no presente estudo, fala que a luz visível pode participar no processo de pigmentação da pele, por isso, quem sofre de distúrbios pigmentares, deve também se prevenir contra a luz visível e protetores com bases tingidas são os mais indicados.

E completando, o pó Naris Up Medicated tem sílica, talco e mica que permitem acabamento mais seco e pode deixar a pele com aparência melhor. Como comentei no início, pode proporcionar um brilho natural dos ingredientes minerais, em especial, da Mica, mas isso depende muito da quantidade de produtos.

Eu não fiz o “teste do flash“, mas “pode” ser que o produto dê aquele efeito de refletir a luz do flash e deixar o rosto mais pálido que o tom natural, digo isso por causa da presença, em grande quantidade, do Dióxido de Titânio.

No teste de suor/ sebo, ele aguentou dignamente após quase duas horas de treino.  Não “derreteu” na pele, mas notei, muito superficialmente, algumas gotinhas de suor “esbranquiçadas” – um blotting resolveria isso.

A sensação de “secura“, muito comum em proteção solar física, só foi percebida após 10 horas com ele na pele (eu aplico a primeira cada ás 7 da manhã), mas nada incômoda como a ocasionada pelo Bioré UV Perfect Milk. Sem contar que para isso ocorrer, eu estou com camadas de filtro físico + pó físico, logo..

- Lista completa dos ingredientes:

ASCORBIC ACID PHOSPHATE ESTER MAGNESIUM、GLYCYRRHETINIC ACID STEARYL, TITANIUM DIOXIDE POWDER、ZINC OXIDE、TALC、SILICA、SERICITE、MICA、METHOXYCINNAMATE2-ETHYLHEXYL、METHYLPROPYL 、ZINC LAURATE、CROSSPOLYMER SILICONE・METHICONE SILSESQUIOXANE CROSSPOLYMER、ALUMINUM HYDROXIDE、POLY C10-30 ALKYL ACRYLATE、TITANIUM DIOXIDE、FLOW PARAFFIN、STEARATE、SYNTHETIC FLUORPHLOGOPITE 、n-OCTYLSILICA YELLOW IRON OXIDE、ARBUTIN、SAXIFRAGA SARMENTOSA EXTRACT 、HYALURONIC ACID NATRIUM(2)、SOLUBLE COLLAGEN(4)、METHYLPOLYCYLOXANE CROSSLINKED、TRIMETHYLSILOXYSILICATE、METHYLHYDROGENPOLYCYLOXANE、ZIRCONIUM DIOXIDE、LOW TEMPERATURE CO-FIRED ZINC OXIDE、d-δ-TOCOPHEROL、LOW VISCOSITY METHYLHYDROGENPOLYCYLOXANE、PURIFIED WATER、1,3-BUTYLENE GLYCOL、n-OCTYLSILYLATEBENGALA、n-OCTYLSILYLATE BLACK IRON OXIDE, PARA-HYDROXYBENZONATEestojo com 9 g.

Agradeço à leitora Makie que, gentilmente, fez a tradução pelo Cosmetic info JP e é possível que tenha alguns erros.

Como afirmei, não tenho experiência para fazer tutoriais de pós/ makes, então, sugiro buscarem maiores informações no @cosme.

Este está com 3.8 de cotação e tem 56 reviews - com fotos. Quem acompanha o East to West Skin Care já deve ter lido sobre o @Cosme, mas é uma espécie de Make up Alley japonês, onde o povo posta resenhas, fotos, pontuações e ocorre eleições semestrais de produtos.

As melhores cotações servem para ranking e permite conhecer melhor cada produto. Até as grandes empresas de cosméticos esperam pela avaliação e usam como parâmetro de divulgação – queremos algo assim por aqui!!

Concluindo, considero este muito interessante para quem precisa reforçar a proteção ao longo do dia, e, principalmente, para quem sofre de hiperpigmentação.

Deste modo, o Naris Up Medicated é adequado por oferecer não só alta proteção UV-A e UV-B, como proteção contra luz visível e função clareadora. Aliado também para quem busca leve matificação e absorver a transpiração ao longo do dia.

- Onde comprar: o meu foi um presente da Cris, ela mora no Japão e aceita encomendas pelo site Cosméticos Japan, o preço sugerido está por R$ 74,00. Há vendedores no Ebay oferecendo o produto e, no Brasil, quem preferir pode encomendar com a Vânia.

About these ads

49 Respostas to “Naris Up Medicated UV Cut and Whitening Face Powder SPF 50 PA+++”

  1. marcia miranda 23 de outubro de 2013 at 22:46 #

    Comprei este pó uns 6 meses atrás, pra passar na hora do almoço, quando saio da empresa, gostei muito, nao percebo adiçao de cor, uso com a propria esponjinha,gostei por ser fininho e ficar bem mate na pele. Comprei numa das promo da Sasa.

    • Nando Goober 24 de outubro de 2013 at 11:41 #

      Oi Marcia, obrigado por compartilhar.. tbm acho ele bem tranquilo, só vejo alguma mudança no tom quando refaço a aplicação, mas é como eu disse: um efeito mais iluminador.. e noto sutilmente que camuflar o rubor natural. Com a esponja, além da matificação, nota alguma cobertura?

      • marcia miranda 30 de outubro de 2013 at 19:30 #

        Nando, uso pouquinho, uma camadinha leve mais na zona T, e nao percebi adição de cor, sou clarinha. Gosto muito pela matificada que dá na pele. Antes eu usei um deste tipo da La Roche, muito mais caro, que não era tao fininho como este. Fora que como andava na minha bolsa, quebrou e hoje está em casa, só usando com pincel. Este bonitinho da Naris Up, está inteirinho na bolsa, e bem provavel, recomprarei – a menos que vc, a Meire ou o Pedro, resenhem outro melhor.

      • Nando Goober 31 de outubro de 2013 at 13:47 #

        Entendi.. eu aplico na face toda, mas dou uma carimbada maior na zona t p segurar mais o brilho.

  2. Fernanda 24 de outubro de 2013 at 9:41 #

    Oi Nando, qual o fator de proteção oferecido?
    Outra pergunta, o sofina jene é indicado para peles bem oleosas? Pode ser usado com esse pó?Obrigada

    • Nando Goober 24 de outubro de 2013 at 11:38 #

      Isso é informado no rótulo FPS 50 PA+++.

      Sim, o Jenne pode ser usado em peles oleosas e mistas. Comparado com os nossos indicados para peles assim, consegue ser até superior na textura e matificação.

  3. Milena 24 de outubro de 2013 at 10:35 #

    Olá Nando,

    Pra variar, adorei a resenha!

    Perguntinha, quando vc está em local aberto, por exemplo naquela praia no RS, vc reaplicava o protetor solar?
    No verão eu normalmente passo o protetor pela manhã,removo TUDO no almoço reaplico o protetor e no decorrer do dia passo o pó protetor….

    (Me refiro quando estás em local aberto, o que vc faz se precisar ficar um longo período de sol “inevitável”.)

    • Nando Goober 24 de outubro de 2013 at 11:37 #

      Oi, obrigado.

      Naquela ocasião eu não reapliquei, mas deveria, e n tive qualquer reação, nem eritema..

      No dia a dia, eu reforço a proteção no meio do dia, ou aplico mais uma leve camada de protetor ou pó mesmo. Não removo, porque acabo mandando por água tudo que eu usei, além de ter que refazer tudo, minha pele só aguenta duas higienizações por dia.

      Quando estou na rua, faço como comentei: reaplico no meio do dia, conforme a minha necessidade. Eu prefiro usar protetor físico e agora também pó porque blindar melhor a pele, não sinto o sebo, suor ou até mesmo o sol “quebrando” a proteção.

  4. Ana 24 de outubro de 2013 at 14:07 #

    Oi Nando! Queria esclarecer uma dúvida…
    Você achou o pó muito pigmentado? Se usado em uma só camada, ele adiciona muita cor a pele?
    Estou querendo comprar um pó para reforçar a proteção no meio do dia. Já usei Laneige (é o que mais gostei, mas não recompro porque está caríssimo), Holika Holika e Etude House (Sun Prise) – mas estes dois tem me deixado muito branca, principalmente quando estou em luz fria…
    Então, te pergunto isso porque sou muito branca (mais que a Meire) e fico imaginando se este pó dará certo para meu tom de pele, ou se ficará escuro…
    Post excelente, como sempre! Beijos!

    • Nando Goober 24 de outubro de 2013 at 14:38 #

      Não achei mt pigmentado. Já usei o Laneige, e tbm n pigmentava mt a minha pele.. para os eu tipo de pele teria que ser um bege light ou natural, um mais porcelana.. mas o efeito “fantasma” na luz fria teria q confirmar, porque o Nariz pode dar, mas com duas aplicações.. o Sun Prise vc notou? Porque n tem cor, parece sumir na pele.. ja tentou o Innisfree?

      A Meire tem sugestões aqui:

      http://saladamedica.wordpress.com/2013/09/04/minirresenhas-mais-tres-pos-com-protecao-solar/

      A foto do @Cosme é de uma textura mais grossa, não espalhou, não fica assim na pele.. o produto prensado perto da minha pele parece mais escuro, mas ao espalhar, some..

  5. Ana 24 de outubro de 2013 at 14:10 #

    Eu de novo Nando rsrs
    Nesta foto do Come.net: http://www.cosme.net/product/product_id/10037742/photo/503229740/num/0 – o pó aplicado parece ser mais claro do que na embalagem, mas pensei também que seja por conta do flash, que reflete os pigmentos brancos. O que achas?

  6. Suzana 25 de outubro de 2013 at 18:53 #

    Oi Nando! Mais uma resenha muito boa. Sabe, que a sensibilidade da minha pele em ambientes quentes (o que dizer do Rio, já que moro aqui também) acontece a mesma reação. Essa mesma reação de pele aconteceu comigo em ambiente de neve com muito frio. Acho que dá para concluir que a sensibilidade da minha pele se dá inclusive em temperaturas muito altas e como também muito baixas. Sei lá, fico querendo uma explicação. Vc já teve essa experiencia com a sua pele sensível em temperatura muito baixa? Tenho esse cuidado de me olhar com espelho de aumento junto a claridade da minha janela e outras luzes diferenciadas que tenho em casa para saber como fiquei sob essas luzes. Após os meus cuidados matutinos, me preparando para academia, utilizo BB Cream BRTC, protetor solar líquido “o braquinho” Bioré no verão, base Dermablend spf 30, e pó Sun Prise ou o pó Dermablend para blindar. Bom, adoro malhar, musculação, local, alongamento, etc. E, sim, consigo uma boa performance desses produtos na face durante essas atividades e fiquei muito interessada no Naris Up! Muito obrigada. Bjus

    • Nando Goober 26 de outubro de 2013 at 12:16 #

      Oi, obrigado.

      Quando fui morar no Sul, minha pele teve uma reação assim: o frio, a mudança climática, ela ficou muito ruborizada, parecia rosácea, depois foi melhorando. Mas é uma reação comum, quando subia a serra, era fato o nariz ficar avermelhado.

      Mas você sua isso tudo para ir malhar e depois vai para o trabalho? Eu já li algumas coisas, embora sem me aprofundar, que não seria interessante para a pele fazer atividades físicas com maquiagem ou com muita maquiagem. Eu acabo malhando assim porque eu já estou devidamente blindado de filtro + pó desde o início da manhã, como malho no final da tarde, deixo para retirar tudo quando tomo banho. Quando vou de manhã, aplico só protetor solar bem reforçado, talvez até jogue o pó para blindar mais, pois quando saiu do treino, está um sol escaldante e não quero correr riscos. Ano passado, achei que o filtro não tava muito digno e resolvi abrir o guarda-sol.. embora uso boné e óculos tbm, foi o “mico” do dia.. aqui não existe o hábito isso, muito menos de um rapaz, jovem saindo da academia.. de certo pensaram: “Lá vai o Félix!”..rs

      • Suzana 26 de outubro de 2013 at 13:40 #

        Rsrs, ri muito com “Félix”! Sei como é isso ando de sombrinha, boné, óculos escuros no verão ou quando acho que o sol esta um pouco demais e as pessoas na rua me olham como se eu fosse uma alienígena rs Vc já usou manguito com proteção solar? Tenho, acho interessante mas esquenta. Quanto a treinar com tudo isso na face, até agora não tive problemas, é que vou a pé para academia e não é próximo de casa e o sol já esta pegando. Após a academia, volto em casa retiro tudo do rosto no banho e aí uma outra camada desses produtos mais fina exceto a base que permanece a mesma quantidade devido a luz porque estarei no escritório do trabalho e saio apenas quando o sol já se pôs, porém, com o horário de verão, ainda se mantem claro o dia. Então, é comum essa reação de pele sensível a temperatura muito baixa e alta. Bjus

      • Nando Goober 27 de outubro de 2013 at 0:19 #

        Manguito? quer q eu morra.. mal conseguiria usar uma camisa de manga longa UV aqui.. é um calor surreal.. so se eu tivesse carro, ar e privacidade..rs.. eu ja sofro bullying diário aqui em casa por usar protetor.. cada vez q aparece alguma matéria, tipo que passou no Globo repórter, já tenho que ouvir sandices..

        Eu quero hibernar quando começa o horario de verão, porque saiu da academia e ainda está sol.. vc precisa ir num casamento, q antes era de noite, ainda ta claro e vc n sabe se aplica protetor, se vai ficar feio.. rs.. eu odeio..rs

        Sim, clima frio, calor, locais abafados, mudanças bruscas de temperatura, ate sauna eu sofro.. os vasos ficam mais dilatados, tudo ruboriza.. ate massagem facial.. sofri no curso com isso, prefiro drenagem linfática..

        Bj

      • Ana 27 de outubro de 2013 at 3:09 #

        Nando, me identifiquei agora! Também sofro bullyng da minha família e amigos rsrs todos dizem que estou muito branca, que minhas veias estão aparecendo… Minha família acha que sou ET porque quando estou em casa sempre fecho as persianas e só as abro quando saio. Essa história da vit. D também me perseguiu depois da matéria da Globo. Outro dia desses li uma reportagem publicada pelo Pedro, que dizia que está questão de tomar 2 litros de água por dia era “mito”. Pra mim quebrou um grande paradigma, porque eu acabava me forçando a beber muita água… Acho que com o Sol também deve ser assim… Está orientação de 15 min de Sol por dia está equivocada: temos a diversidade de radiação no Brasil, cada pessoa tem sua necessidade, sua genética… Pra nossa realidade achamos importante não tomar Sol, ou tomar usando muita proteção e as pessoas nos sacrificam por isso. É como aquela questão “do ovo”: um dia ele faz bem, ni outro consideram que faz mal. Pra concluir, tudo depende do equilíbrio, mas as pessoas não entendem isso na maioria das vezes. O meu equilíbrio é não tomar Sol, sou fototipo 2, nas num país ensolarado mesmo pra uma pessoa quase transparente o saudável é se expor ao ponto de ficar bronzeado… Vamos lá, força pra nós aguentarmos tantas loucuras que nos falam ( é, pra mim é louco quem não se protege…)

      • Nando Goober 27 de outubro de 2013 at 14:06 #

        Oi, pois é… nem discuto mais para não aparecer arrogante.. porque vem discutir porque viu na Ana Maria Braga, no Bem-estar, no Globo repórter.. ou seja, discutir com pseudo-ciência?

        Olha só uma situação que eu vivenciei:

        A professorinha de cosmetologia entra na sala, pele bem curtida de sol, manchas feias na face e começa a despejar o achismo dela sobre proteção solar.. nem é achismo, mas uma opinião retrógrada, anos 90, que já foram refutadas hoje:

        – Proteção solar acima de 15 não tem tanto resultado, o certo é aplicar a cada 2 horas, porque perde a proteção.

        Oi? Ela passou longe de sistema de avaliação dos raios UV-A.. FPS é coisa do passado, hoje temos que levar em conta tbm o fator de proteção UV-A (PPD ou PA de acordo com o pais). segundo a Colipa, o PPD deve ser, no mínimo, 1/3 do FPS, logo, um FPS 30 tem PPD 10, e um FPS 15, teria PPD 5, assim, um FPS 15 NUNCA terá uma alta proteção UV-A e a mais indicada para fototipos I, II e III, diria até para todos..porque o razoável seria entre 4 a 8 para proteção média.. digo, exposição de ir e voltar ao trabalho, mesmo assim numa pele resistente, sem patologias.

        A criatura ainda sugeriu que uma aluna com melasma poderia ir á praia usando FPS 15 reaplicando a cada 2 horas.

        Sendo que o reaplicar dela é: lavar e aplicar de novo. gente, quem consegue lavar a pele a cada duas horas.. ??? Imagine como fica a pele no final do dia, num dia de sol se pondo às 20 horas.

        A diaba ainda falou que eu usava protetor de forma errada, por usar muito, que poderia manchar a minha pele.. sim, porque ela sabe das coisas, as manchas feias de sol gritando na face, nem para disfarçar com um Dermablend..

        Foi tanta asneira, que FPS 15 dá 98% de proteção, 30 dá 98, alguma coisa, tudo igual.. ela pulou todas as aulas de proteção solar.. basta avaliar os gráficos das agências reguladoras e saber a diferença.. de 93 a 94% (FPS 15) p 98 a 99% (acima de FPS 50) , pode parecer pouco, mas para quem tem manchas, lúpus, rosácea, faz MUITA diferença sim! Principalmente se aplicar uma quantidade inferior ao sugerido.

        Fico imaginando os profissionais que ela está instruindo.. dai, um dia dá ma entrevista para um jornal e alguém vem sugerir como verdade máxima..

      • Milena 30 de outubro de 2013 at 10:40 #

        Ai Nando, preciso compartilhar meus risos kkkk
        Que coragem heim??? Sair de guarda sol da academia
        Eu sou reprimida por andar de sombrinha, “sem sol”, claro que sei que os UVs estão lá…. Mas o povo não entende …..
        Ontem uns moleques me encheram o saco : OWWWW acabou a chuvaaa….. Tinha chovido de manhã rsrsrsrs

      • Nando Goober 31 de outubro de 2013 at 13:54 #

        Acabei com a minha reputação naquele dia, mas era questão de necessidade.. rs.. a academia ficava a uns 15 m da minha casa, pegava a orla marítima, um sol de rachar, no meio do verão, às 13 h.. sabe quando a sua pele parece que levou um balde de água.. escorria suor.. mas eu não me atrevo mais a malhar em horários assim.. só por necessidade, falta de outro horário.. prefiro sempre malhar no final da tarde, mas com horário de verão, ainda corro o risco de sair no sol.

  7. Marta Fleming 25 de outubro de 2013 at 21:55 #

    Oi, Nando, quero esse pó agora !!!! kkkkk

    Quando o que estou usando no momento acabar vou experimentar esse. Ele tem tudo que preciso: proteção, cor e clareador.

    Bjs e adorei a resenha. Parabéns !!!

    Marta

    • Nando Goober 26 de outubro de 2013 at 12:10 #

      Oi, obrigado.

      Quais você está usando?

      Bj

      • Marta Fleming 12 de novembro de 2013 at 8:41 #

        Nando, desculpe-me a demora na resposta ! :-)

        Estou usando:

        – Dermablend – Vichy – pó fixador, translúcido, uso depois da base.
        – Studio Fix – Mac – uso nas bochechas onde tenho melasma.
        – Sun Protection – Shiseido. Uso para reforçar o protetor durante o dia. Quando esse acabar pretendo experimentar o da resenha.

        Trabalho algumas noites, em geral, o prazo de validade da base já venceu faz tempo. Então, uso bare Minerals Matte para guaribar o make. E as vezes uso também no colo.

        É isso, muitos beijos querido !

  8. Makie 26 de outubro de 2013 at 7:45 #

    Oi Nando, tudo bem?
    Agora descolei um tempinho pra fazer o que gosto, passear nos blogs de vocês rsrsrs
    Sua resenha ficou perfeita! Nem eu que sei ler os kanjis saberia explicar sobre ele. (também ainda não o usei) Mas já estou querendo agora!!! Eu comprei o da Dr.Ci:Labo….mas não gostei da embalagem é de rosquear :0((( esses desse tipo da Naris Up são mais práticos! Obrigada pela resenha e obrigada a Cris de fornecer meios para que esta resenha chegue a todos nós.
    Um grande abraço!

    • Nando Goober 26 de outubro de 2013 at 12:07 #

      Obrigado, estou gostando tanto que já quero conhecer outros, em especial o da Innisfree 02, principalmnete para reaplicar… realmente faz muita diferença aplicar uma barreira assim sobre a pele.

      Menina, estou usando o Nivea for Men Oil Control, incrível, perfeito…. tem características bem similares ao Bioré Milk, porém, sem alguns colaterais: estou no quarto dia de uso, não tive repuxamentos, comedões, sensação de sufocamento, sendo que ele absorve muito rápido, dá uma textura gostosa, não fica opaco, o toque e sedosos – ele tbm hidrata. Ficarei só com ele e o Mild.. e agora com esses pós..

      Bj

      • Makie 26 de outubro de 2013 at 23:37 #

        Essa linha da Nivea eu nem sabia dela, estou pesquisando por causa dos pedidos, vai ser ótimo conhecê-la através de sua resenha. Eu só me acerto com o Bioré Face Milk ou o Bright quando estou com um sérum “gordo” por baixo….hoje testei sem e pra variar “esfarelou” passo a mão no rosto está desfazendo :0(((. Agora vou testar o Sofina que o Pedro resenhou. Acredite eu só usava o sunmedic agora que estou saindo pra “night” do protetores kkkk.

        Até mais, um grande abraço.

      • Nando Goober 27 de outubro de 2013 at 0:10 #

        Até agora o Nivea Mil, o Water gel e o Oil Control estão aprovados, embora n tenho testado o gel.. mas em termos de “colaterais” = repuxamento, comedões, etc.. são os mais confiáveis..rs

        Eu nem com serum gordo, acho q ate piora.. talvez goste do nivea oil control, absorve bem rapido, da aquel UP inicial de pele bonita.. quando reaplica e outra magia.. lembra o Bioré, so que n da aquela aparecia pálida ou leve opaca.. vou testar os dois, um de cada lado p resenha.. tipo, so quero o nivea mil e oil control no verão.. o sofina ja usei varias vezes, mas prefiro o Nivea..

        Bj

      • Marta Fleming 12 de novembro de 2013 at 9:09 #

        Nando, uso o Nivea Sun, Protect Water Gel, Super, SPF 50 PA +++, no pescoço, colo, braços e mãos. Estou adorando !

        Meu marido gostou desse, o Bioré ele nem ligou. Acredito que tenha gostado por ser gel e refrescante. Preciso comprar mais, para o verão escaldante que se aproxima. kkkk

        Bjs, Marta

      • Nando Goober 13 de novembro de 2013 at 14:36 #

        Algumas pessoas usaram ele na face e gostaram, o que você achou?

      • Marta Fleming 13 de novembro de 2013 at 14:43 #

        Ainda não usei no rosto, estou tão adaptada ao Bioré Milk que não não me atrevi a usar no rosto. :-)
        Vou testar depois voltarei aqui para contar.
        Bjs, Marta

  9. Roberto 27 de outubro de 2013 at 5:20 #

    A pricípio que lê o post pensa:
    – “Agora mais essa, como se não bastasse filtro, agora tem pó.”

    Dou meu parecer:
    Filtro com WC + pó ou base, confere acabamento mais natural que somente o filtro, pois desta forma apaga-se o efeito esbranquiçado, blinda ainda mais a pele, controla melhor sebo e suor e ainda confere dupla proteção, não é exagero afirmar que a pele fica BLINDADA. Claro, isso vai depender muito da qualidade do prod e do ajuste da cor.
    Já tenho há uns meses esse:

    http://www.makeupalley.com/product/showreview.asp/ItemId=151222/Hot-Pink-Sun-Protect-BB-Pact-SPF30/Skin79/Powder

    Segundo sua descrição, se assemelha muito ao que tenho, é bem leve, natural e praticamente translúcido de tão natural que fica a cor, raramente uso, mas o prod é excelente.

    Eu já pedi a Makie me cotar o filtro Nivea Men Oil Control, ela até fez post, OBA!

    Lembro que esse estava na sua lista há tempos, ele saiu de linha e voltou……a propósito, vou ver com a Makie 4 tipos de filtros da Nivea, tem alta % de óxido de zinco, super eficientes, mas sem causar oclusão ou ressecamento, aparentemente beeem melhores que os Biore (em proteção e controle óleo) e na mesma faixa de preço.
    Faz o post com carinho, pq ele pode ser o novo Hit, já tô vendo, vc fazendo post e chovendo pedidos de compras.

    • Nando Goober 27 de outubro de 2013 at 12:25 #

      Oi, concordo com tudo: o acabamento de um pó melhora o white cast, melhora um rubor natural, previne tbm.. esse seu pó parece interessante, quero o innisfree, acredito que um pó com boa proteção, mas não tão alta (tipo 50+) o resultado possa ser mais leve e natural. E você acaba conseguindo usar uma quantidade maior dele.. O Laneige era 50+, mas eu só usava um pouco.. o Naris e 50, uso um pouco mais que o Laneige.. o Innisfree, por ter FPS menor, mas ainda assim alto e ser pó solto, vou poder reaplicar com maior quantidade.

      Depois que comecei a usar os filtros da Nivea nunca mais voltei p Bioré ou Sofina, embora todos são da msm Kao.

      O Nivea Mild, ACREDITE, mudou de um lote para cá.. o que eu resenhei e o Pedro tbm, está diferente, mais leve, parece que tá mais transparente tbm. Pedro e eu já tínhamos apurado isso, agora a Lidiane confirmou também e ela já usa há mais tempo que eu. O MELHOR, continua perfeito – não foi uma mudança p “pior”. Eu queria poder pagar um laboratório para avaliar o tempo de proteção dele..rs.. porque ia por água abaixo aquele discurso que protetor “quebra” em 2/ 4 horas.. isso ~e tão anos 80. Quando a Ada Tina ousou dizer que o protetor dela protegia por 12 horas a comunidade médica e até empresas fez cara feia. marketing? Bom, você entra no site da desenvolvedora dos filtros atuais, tipo a Basf… o Uvinul A PLus eles dizem que é 100% fotoestável.. uma boa formulação com ele, Tinosorb Me S, Óxido de Zinco, não vai perder a proteção em míseras 2 horas.. nunca! SALVO se for retirado com suor, água, limpeza…

      Digo isso porque usei o Nivea Mild num passeio por Torres, com fotos de todo o passeio, apliquei uma generosa camada dele às 6 da manhã, fiquei de 8 até às 17, exposto ao sol extremo (mar e cânions), com a única aplicação.. se o protetor perdesse a proteção em 2 horas, até chegar em Torres eu já estaria zero protegido. resultado final: pele pálida, zero eritema, nem antes, durante ou depois. Claro que eu aconselho reaplicar, mas foi a minha experiência. Sem avaliar possiveis interações dos raios UV-A tbm.. mas aquele eritema inicial, que sem proteção, exposto diretamente ao sol por 20 m, a pele já começa apresentar.. nada!

      Mas claro, precisaria de estudo sério, sem marketing, para mostrar isso.. e não apenas a minha opinião.

      E sim, o Nivea for Men está na minha lista há quase dois anos, ele era um filtro de edição limitada, que ninguém achava p vender.. quando ele voltou achei que era nova versão.. mas eu já imaginava: se uma grande parte dos filtros “seco” da kao nem tem descrição de “oil control”, como será um filtro assim??

      Até agora ele está perfeito: tem aquela textura do Bioré, absorve rápido, espelha muito bem, melhor que o Nivea Mild.. fica com aparência bonita, não achei que dá WC como o Bioré e sem os colaterais do mesmo: repuxamento, secura, sufocamento, comedões.. tá digno demais para ser verdade e temo fazer uma resenha apaixonada..rs

    • Roberto 28 de outubro de 2013 at 16:10 #

      Que professora mais fofinha, selo JAMANTA de qualidade!
      Mesmo que não fizesse tanta diferença 1% no fator UVA, a numeração nas embalagens é UVB, então 10 é metade de 20, que é metade de 40, que é metade de 80.

      Esse povo lê seu blog Nando?
      Não precisa responder… além de ler eles teria que interpretar, fazer outras pesquisas…..acho que isso seria pedir demais a quem não conhece nem os números direito.

      P.S:essa tb vai p os dermatos, médicos e tantos “entendidos” que afirmam que filtro acima de 30 é quase tudo igual.

      Vou só cantar a pedra:
      Prod somente com índice de proteção anti UVA UVB, tá tão manjado, tem um conceito que precisa ser incluido aí……

      • Nando Goober 28 de outubro de 2013 at 16:45 #

        Aahaha.. é cada “pérola” que até pensei em escrever um post, mas sem entregar o nome da instituição.. só digo que tem nome nacional e, não entendo, mas é bem requerida.. quando estava no Sul, a empresa que me entrevistou perguntou se eu tinha cursado nela.. até a Ana Pegova “aceita” candidatos que passaram por ela..

        A criatura tbm falou que se deve reaplicar protetor em pó a cada duas horas.. tenta imaginar como ia ficar a face do individuo aplicando pó a cada duas horas? Cimento!!!

        Já escutei coisas do tipo: quem usa ácidos (glicólico, retinóico..) não poderia usar um tônico lá, que tbm tinha “ácido”.. fui ver qual era: hialurônico.. quer dizer, basta ter ácido do nome p ser tudo igual…rs

        A Natura já disponibiliza o fator de proteção UV-A na embalagem, eles chamam de FPUVA e segue conforme o 1/3 do FPS… mas eu não usaria um FPS15/UVA5. na verdade, não uso nada abaixo de FPS 30, mesmo para ir na esquina..

        E saber tbm a qualidade da proteção UV-A, eu hoje avalio a estabilidade, curtos e longos.. agora analisando tbm proteção luz visível… é o básico.

      • Roberto 31 de outubro de 2013 at 2:15 #

        Pela minha experiência, e exclusivamente em termos de proteção, filtro solar bom é filtro que deixa esbranquiçado (ou com pigmentos), e qto mais melhor, o negócio é que esteticamente desagrade……..taí os Biore Milk, e os Nivea, campeões em termos de proteção na opinião dos leitores.
        O Allie Perfect Alpha, micronizou tanto o zinco que dimunui bastante a proteção física.

        Qdo me refiro a proteção, não dá só p pensar em UVA UVB, se na maior parte do tempo ficamos expostos é a luz artificial, fria; certo, esta agride menos, mas horas e horas, todos os dias, dá um estrago e o efeito cumulativo.

        Agora quero filtros que fiquem brancos, aprendi a contornar o WC. No ranking do WC, onde fica o Nivea Oil Control? Pronto, foi só vc citar, já está virando o hit da estação, acho.
        Abs

      • Nando Goober 31 de outubro de 2013 at 13:42 #

        Eh, hoje tbm prefiro ter uma barreira física visível, mas não bizarra, digo aquela que você sabe que está com ela.. como meu rosto puxa p rosado, sei quando tá uma cobertura “natural”, porque a pele fica menos avermelhada. Por hora estão amando usar o Nivea Mild, Oil control e pó Naris.. uso de tudo que é forma: aplico Oil Control + Po e reaplico com Pó; reaplico com o Oil Control e pasme, ele não craquela por causa do pó; aplico Nivea Mild + Po e reaplico com Oil Control; Aplico Mild e reaplico com Control….. loucura, loucura, loucura, mas dá tudo mt certinho..rs.. mas a limpeza no final do dia deve ser muito bem feita para evitar cravos. Os Niveas são campeões em boa textura, boa redução de wc, talvez os que menos dão comedões, zero sufocamento, proteção excelente.

        No ranking WC, o wc é bem depois dos Biorés, Sofinas e Solanoveis..rs.. digo isso porque não tenho dificuldades de espalhar, não fico tendo que passar papel-toalha na raiz do cabelo ou laterais… engraçado, termino meu ritual quase 5 m antes que usando o Nivea Mild. ele espalha tão facilmente, seca em poucos segundos.. o único problema dele, até agora, pode ser o álcool.. aquela sensação fria de álcool ao aplicar o Bioré é igual.. não chega a pinicar como usando alguns tônicos, msm porque acho q ele tem menos que o Bioré e deve ser, no máximo, até uns 10%. Tenho um vitacid acne aqui que arde ao passar na área barbeada, o Nivea não..

  10. Júnior 27 de outubro de 2013 at 22:37 #

    Nando, já usei o Allie perfect alfa mas não gostei.

    Quanto o Nivea for men oil control, o efeito WC é pequeno igual do Allie?

    No momento continuo com Bioré UV Aqua Rich SPF 50+ (embalagem azul) e quando estou em casa uso o Bioré UV Gel SPF 30 (gostei bastante pois não deixa brilho na pele).

    Abraços e sucesso!

    • Nando Goober 28 de outubro de 2013 at 16:53 #

      Junior.. acho que sim, se for, é pouca coisa, porque eu não vejo WC com o Allie, o Nivea pode ser um pouco para peles morenas.. ela é quase 100% físico, né? Mas eu n tenho dificuldades de espalhar, de ter resíduos nos cantos.. depois da segunda aplicação, tbm n vejo nada absurdo.. mt leve ele.. e claro, mais seco que o Allie..

      abraços.

  11. Ana 28 de outubro de 2013 at 0:03 #

    Nando, que absurdo o que esta professora disse! Eu que já não confiava muito nestes tratamentos feitos por esteticistas, agora estou completamente descrente! Exceto você, é claro! Rsrs
    Quanto ao Sun Prise, eu costumo aplicar umas 3 horas após o filtro líquido + make up. Aplico duas camadas finas, espalhando bem. Mas quando me olho num espelho com luz fria, me acho próprio Garparzinho, versão feminina! Por este motivo não irei recomprar, é estou em busca de outras alternativas com cor. Vou comprar o Naris… Se eu ver que ficou escuro, em casa mesmo, antes de sair conserto com pó da minha cor. Andei pesquisando no Koreadepart (você já comprou lá?) e vi ótimas alternativas de filtro em pó com cor e alta proteção (fps 50 ou 50+) da Innisfree e da Laneige. Neste caso, meu 13o já tem destino certo.
    Estes filtros da Nivea japonesa parecem ser tudo de bom mesmo! Será que sua resenha da Nivea vai me querer ter vontade de trocar meu amado Biore rosa? Oh céus, minha lista de compras só vai aumentando rsrs
    Beijos Nando! Você é muito querido!

    • Nando Goober 28 de outubro de 2013 at 16:50 #

      Oi, nunca comprei.. mas dá vontade de testar tudo.. o innisfree é certo.. talvez outros…

      Os da Nivea estão no topo…rs.. não sei, talvez o rosinha seja mais mate, porque não tem como competir com o Bioré Milk, o Nivea tem hidratantes.. mas acho que depois dos Bioré Milk, n tem Sofina ou outros.. deve ser o Nivea oil Control msm

      Bjs e obrigado..rs

  12. Fernanda 1 de novembro de 2013 at 12:02 #

    Oi Nando,
    Parabéns pelo excelente post!
    Eu uso o Bioré UV Aqua Rich Watery Essence SPF 50+ e gostaria comprar um pó com filtro solar para reforçar a proteção ao longo do dia. Comprei o Holika mas não me adaptei. Tenho a pele seca e muito branca. O Holika me deixou super pálida e secou muito a pele…Entre este da resenha e o innisfree, qual vc me recomenda? Vc acha que para a pele seca poderia funcionar?
    Muito obrigada!!!!

  13. fernanda 5 de novembro de 2013 at 11:36 #

    Oi Nando, dá para usar o nivea oil control junto com esse pó? Os componentes interagem bem?Obrigada

    • Nando Goober 5 de novembro de 2013 at 13:37 #

      Sim, sua dúvida é dele ressecar a pele? Não tive isso.. nem senti a pele desidratar no final do dia e marcar os poros.. mas se a sua dúvida é com relação aos ativos do pó.. bom, acho que assim como o Nivea Oil Control, Bioré, Sofina, qualquer filtro solar mesmo, forma uma camada oclusiva sobre a pele e dificultará a permeação do ativo.. nem conto muito com o efeito clareador de manchas, mas não prevenção mesmo de oxidar o sebo..

  14. iara lisboa 12 de novembro de 2013 at 22:07 #

    oi Nando para mim achar um blog como o seu e outros como a Meire me ajudaram absurdos leio tudo de vcs,tenho melasmas que trato a anos atualmente minhas manchas aumentaram muito o que ja gastei em tratamentos e dermatos já perdi as contas atualmente tenho seguido as dicas de vcs e tenho gostado muito,pois minha auto estima estava muito baixa adoro me maquiar mas ficava parecendo um panda,nem blush podia usar ,vi sua resenha sobre hidroquinona,tenho usado a anos ,mas como moro em uma cidade proxima ao litoral ja viu né,pra ser mais exata na Bahia, se nao fosse pedir demais gostaria que me indicasse um creme clareador,que possa usar tambem no verao,atraves de vcs encomendei filtros da bioré ,dos que vi resenhas é os mais em conta,vou ser sincera minhas condiçoes hoje nao sao das melhores (financeira)tenho feito muito sacrificio para cuidar de minha pele,se poder min ajudar ficarei eternamente grata. parabens em anos indo a dermatos nao recebi um terço das informaçoes que adquiri com voces em apenas poucos meses que conheci seu blog. grata Iara.

    • Nando Goober 13 de novembro de 2013 at 13:57 #

      Oi Iara, obrigado.

      Eu sempre leio reclamações do aumento do melasma e observo que mesmo usando proteção, continua… ocorre que nem sempre usamos filtro de forma correta: quantidade, reaplicação, usar em todas as áreas expostas, principalmente neste último caso, porque como a insatisfação é na face, acaba negligenciando as outras áreas e a ocorre produção de melanina em toda o corpo. Se você expõe os braços ao sol sem proteção, mas protege a face, pode aumentar as manchas de mesmo modo. E ciclar clareadores, porque o melasma pode ser na parte mais superficial da pele ou profunda.. então, alguns ácidos atuam removendo a camada morta e reduz as manchas na superfície da pele, tbm ajuda no processo de troca de células, enquanto que outros clareadores podem atuar de modo que melhore a mancha nas camadas mais internas.. então, há várias possibilidades.

      De clareadores no mercado, vc tem inúmeros produtos com Vit C, Arbutin, Ácido Tranexâmico, Niacinamida.. em cosméticos populares asiáticos você acha esses em diversas linhas..

      No blog já resenhei de alguns, como s da linha Aqualabel White Up.. há resenhas recentes do Gui sobre a linha whitening da Olay.. o jeito é ir conhecendo cada um, usando por períodos e observando.. e NUNCA falhar na proteção (filtro, sombrinha, roupas, evitar horários de pico..)

      Bj

Trackbacks/Pingbacks

  1. Gift Review: dois protetores solares que uso no corpo | Vanity Pills - 15 de novembro de 2013

    […] mas na zona do nariz aplico o Sunkiller Essence. “Normalizo” tudo com filtro em pó (este) ou um pó à base de silica […]

  2. Gift Review: Paula’s Choice Resist Super-Light Wrinkle Defense SPF 30 | Vanity Pills - 27 de novembro de 2013

    […] pode proteger a pele da radiação proveniente da luz visível. Indico a leitura desta outra resenha sobre o […]

  3. Nov UV Shield EX SPF 50+ PA++++ For Sensitive Skin | Vanity Pills - 28 de janeiro de 2014

    […] manhã; às 18 h, ainda estava bastante “seguro”. A pele, junto com uma leve cobertura do pó Naris Up, ficou intacta após horas de aplicação. Nas ocasiões que eu usei, ele não […]

  4. Nivea for Men UV Protector Oil Control SPF 50 PA+++ | Vanity Pills - 19 de fevereiro de 2014

    […] aplico meu protetor solar em pó Naris Up Medicated, e, no meio do dia, reaplico uma fina camada do Nivea for Men sobre a pele e não tenho queixas de […]

  5. Naris Up – Whitening UV Cut Powder | Makie Cosmetics - 15 de maio de 2014

    […] AQUI (Vanity […]

Os comentários estão desativados.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 638 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto:
- nice8 - price6