Nivea for Men UV Protector Oil Control SPF 50 PA+++

19 fev

Eu prometi resenha deste protetor solar tem algum tempo, mas é que estou no segundo frasco e conseguindo analisar melhor agora, com o calor destruidor do Rio. nivea+for+men+japan7

Mais uma vez informo que a Nivea, no Japão, é uma marca desenvolvida pela japonesa Kao Corporation (SofinaBioréKanebo…). Então, esperem produtos com qualidade bem diferente daqui.

Como consumidor voraz de proteção solar, posso afirmar que os melhores produtos nesse segmento são os da Nivea Japonesa. E o da resenha de hoje não foge a regra.

Antes de começar, aproveitarei para falar da colher dosadora que mostrei aqui.

Recebi várias mensagens de leitores querendo saber melhor dela. Bom, não tem mistério, basicamente segue a recomendação do FDA, feita em 1978 e mantida até hoje, junto com a Colipa e outros protocolos internacionais de aplicar 2 mg/cm² de filtro solar para obter o FPS indicado no rótulo, como neste estudo.

Segundo o mesmo, a proteção fornecida pelo protetor solar está relacionada com a quantidade de produto utilizado.

Quando aplicado abaixo do sugerido, seja por economia ou por falta de conhecimento – acreditem, isso é muito comum, mesmo na área de Estética eu leio “aplicar uma fina camada de protetor solar…” – há uma redução drástica do FPS.

Comentei sobre isso numa das minhas primeiras postagens no blog, em 2011.

De modo mais simples, para a face, seria uma colher de café cheia ou, conforme o Consenso de Fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologistas, a regra da colher de chá para rosto, cabeça e pescoço.

Eu conheci a colher por meio do Futurederm, onde eles fizeram um cálculo sobre a dosagem sugerida, dando algo como ¼ da colher de chá apenas para face, não incluindo as orelhas.

Mas na prática vai depender muito da consistência do produto.

nivea+for+men+japan2

Um filtro em emulsão, loção ou creme, veículo mais denso, são duas camadas finas de proteção. Porém, para filtros mais leitosos e fluidos, pode dar “quase” duas camadas.

Explico: eu aplico filtro em toda a face, então, reaplico novamente o restante do conteúdo. Num filtro mais espesso, como foi o caso do Nov UV Shield  completa perfeitamente, mas, numa versão mais líquida, como Bioré, Sofina e os da Nivea, percebo que termina o conteúdo da colher e não deu para reaplicar em toda a face. Então, acabo usando mais produto para completar e ter uma aplicação homogênea.

Assim, acredito que a melhor sugestão é a indicada por este estudo, a qual eu prefiro fazer: aplicar duas camadas, porque, segundo as informações, ” a dupla aplicação de protetor solar vai ajudar os usuários a aplicar os produtos com uma espessura suficiente para alcançar eficácia no FPS esperado.”.

Não tem erro. Os leigos irão falar “Nossa, que neura!”, mas já estou acostumado.

Para concluir, vocês deveriam ler este artigo onde encontrarão TUDO sobre fotoproteção, inclusivo essas recomendações. Há uma tabela excelente com todos os tipos de agentes de proteção, inclusive talco e argila branca podem agir como filtros inorgânicos na pele.

Agora, vamos ao filtro: Nivea for Men UV Protector Oil Control SPF 50 PA+++ 

nivea+for+men+japan1

O protetor faz parte da linha For Men, com vários produtos para controle da oleosidade, hidratação, barbear, limpeza, revitalização e balm:

nivea+for+men+japan4

Alegações: indicado para rosto e corpo. Proteção alta para práticas esportivas e de lazer (podem observar as ilustrações na embalagem). 

Fornece controle da oleosidade, com sílica para absorver o sebo. Agentes hidratantes (Ácido Hialurônico e Lipidure) para prevenir o ressecamento causado pelo excesso de sol.

Textura não pegajosa, sedosa e sem ocasionar efeito esbranquiçado (white cast). Contém filtro inorgânico (Óxido de Zinco) e orgânico (Octinoxate), álcool e fragrância cítrica. Resistente ao suor, a água e ao sebo.

Frasco de 30 ml, com saída dosadora e, como se trata de um filtro líquido, tem esfera para agitar a embalagem antes de aplicar:

nivea+for+men+japan5

Textura: leitosa e líquida, similar ao Bioré Perfect Milk e menos espessa que o Nivea Sun Protect Mild. Excelente espalhabilidade, porque desliza fácil e absorve rapidamente. E dessas texturas com silicones voláteis que evaporam quase que em poucos segundos após a aplicação:

nivea+for+men+japan6

Na foto maior, a pele com filtro solar logo após a aplicação, ainda absorvendo. Pode-se notar alguns leves “traços esbranquiçados“, mas que desaparecem quando o produto fixa na pele.

Como é um veículo bastante líquido, usando a colher dosadora, precisei usar mais de  ¼ da colher de chá para completar duas camadas uniformes.

Gostei bastante da praticidade dele. Enquanto que o Nivea Sun Protect Mild eu tenho um pouco mais de trabalho para aplicar homogeneamente e evitar falhas esbranquiçadas, com esta versão, eu não demando muito tempo para realizar, mesmo em camadas duplas.

Acabamento: em poucos minutos, após a aplicação total, a pele ganha um aspecto que pode variar de semi-mate para mate. Toque sedoso, levemente atalcado, que eu adoro.

Mas não fica opaco, diria que proporciona uma cobertura bonita na pele, neutra, porém cuidada.

Há uma quantidade suficiente de álcool, acredito que um pouco menos que o Bioré Perfect Milk, mas é possível sentir durante a aplicação: sensação de esfriamento que deve ser proporcionada também pela essência cítrica. Aliás, a fragrância presente talvez seja apenas para camuflar o odor do álcool e dar um ar de produto masculino, mas é sentida apenas no primeiro instante de aplicação.

Embora seja um produto destinado ao público masculino, pode agradar também as mulheres por ser um filtro solar leve e com acabamento não-pegajoso.

Sempre vão perguntar: é similar ao Bioré Perfect Milk em termos de matificação? Não, como o Bioré Perfect não há, já testei de tudo, acho que ele tem fórmula única. Porém, percebo que hoje nem todos querem um filtro extremamente matificante, preferem entre um aspecto semi-mate para neutro, como se não estivesse aplicado nada sobre a pele.

O Nivea for Men, além de não proporcionar brilho imediato à pele, como uma grande parte de filtros que “prometem” efeito oil control, pode retardar a produção natural de óleo por causa do Óxido de Zinco, talco e silica presentes no produto, dependendo muito do tipo de pele, clima e produtos usados em conjunto.

O que eu espero de um bom acabamento é que ele não ocasione maior quantidade de sebum além do processo natural da minha pele. O Nivea for Men mantém a pele “confortável” neste quesito. Lembrando que este filtro balanceia o controle de óleo com uma função de reter água na pele.

Eu não uso nenhum tipo de adstringente e quando sinto que a pele está ficando um pouco mais oleosa, apenas uso um “mata-borrão” (aplicar lenço de seda ou blotting paper para “sugar” o excesso de gordura).

Acredito que quem gostou do Bioré Perfect Milk, mas não conseguiu usá-lo por causa do ressecamento e efeito oclusivo, possa gostar bastante deste.

Resistente ao suor e ao sebo: é o meu segundo frasco e testando no calor do Rio, percebo que o efeito oil control dele não dura muito, vai depender dos produtos usados anteriormente (como falei, não uso nenhum tipo de adstringente) e temperatura.

Em dia extremamente quente, ele pode atrasar um pouco mais a oleosidade natural, porém, num dia ameno, percebo um aspecto mais agradável, mesmo muitas horas após a aplicação.

Como comentei acima, ele não proporciona um aumento maior da oleosidade natural e isso já basta para mim. Não gosto de usar nada que deixei meu rosto opaco e seco.

Mudei muito meus hábitos depois que conheci a rotina de beleza dos asiáticos. Até gosto de um leve efeito “glossy“.

Como eu aplico um por cima, dura bem mais. Após horas, a pele está integra, sem ficar com estiramento ou aparência carregada que tornam os poros mais aparentes.

Filtros matificantes podem, no final do dia, proporcionar aspecto de pele “desidratada” e isso não ocorre com o Nivea for Men.

Eu tenho uma dica: aplicar um protetor com textura mais cremosa por cima. Vai melhorar esse efeito e breve vou resenhar o meu escolhido.

Após sudorese excessiva ele pode “derreter“, falha que também acontece com o Nivea Sun Protect Mild, mas até em menor grau, porque ele é mais leve na pele, logo, percebo algumas gotículas esbranquiçadas. Só que, no tato, ainda sinto o produto sobre a pele, embora não seja extremamente impermeável quanto o Bioré Perfect Milk.

Make up base: sim. O aspecto sedoso permite aplicação de , conferindo uma cobertura suave, sem “pesar” na pele no final do dia.

White cast: o menor possível. Na verdade, sugerindo que proporcione em peles com fototipo mais alto, porque, mesmo com dupla camada, não vejo palidez exagerada na minha pele. Ele promete um revestimento invisível e, de fato, é possível.

Eu aplico meu protetor solar em pó Naris Up Medicated, e, no meio do dia, reaplico uma fina camada do Nivea for Men sobre a pele e não tenho queixas de efeito esbranquiçado. Ele é realmente muito prática, mesmo para reaplicar.

Oclusão dos poros: muito pouco, diria que é até suave neste ponto. Não tenho reclamações de comedões evidentes com ele, mas, por experiência, hoje reconheço que todos os filtros físicos ou quase físicos que eu uso/usei, geram, em maior ou menor grau, algum comedão.

Simples: fazem barreira (oclusiva) sobre a pele como proteção.

Pode até não parecer tão visível no espelho, mas quando eu faço análise da face com lente de aumento profissional, tem sempre alguns pedindo extração.

Mas, afirmo, o Nivea for Men é bem comodo  e não ocasionou pápula por causa da obstrução dos poros no final do dia, sensação de sufocamento ou ressecamento.

Demaquilante para remoção: por precaução eu sempre uso e indico. Parto do principio que o produto é um cosmético oclusivo, além da quantidade de filtro inorgânico, logo, pode deixar algum resíduo nos poros e causar tamponamento se não for higienizado adequadamente.

Rendimento: pode durar um pouco mais de três semanas, usando na quantidade descrita no início da resenha. Como é um leite bem fluido, requer duas boas camadas para uma proteção eficaz.

O novo frasco tem rendido mais porque uso para reaplicar. Depende muito da minha vontade, mas alterno ele com o Nivea Sun Protect Mild e dá muito certo.

Ingredientes: Óxido de Zinco (UV-A e UV-B), que dispensa maiores apresentações (tem texto meu aqui), e Octinoxate (UV-B).

Vários tipos de silicones (Cyclopentasiloxane e Dimethicones) que vão ser responsáveis pela sedosidade da aplicação, além de proporcionar um acabamento elegante final.

Contém sílica e talco para ajudar a controlar o excesso de sebo.

Ainda conta com principios hidratantes, como Lipidure (Polyquaternium-51), um polímero que, segundo a empresa que o desenvolveu, tem a capacidade de maior retenção de água que o Ácido Hialurônico, logo, pode prevenir o ressecamento ocasionado pelo sol. O Pedro fez um apresentação sobre esse ingrediente.

Outro agentes umectantes como Glicerina e Ácido Hialurônico, este, no caso, o Sodium Acetylated Hyaluronate, que absorve o dobro de água, comparado com o Ácido Hialurônico comum.

Entenderam o motivo de não ter como igualar o Nivea for Men ao Bioré Perfect Milk? A belezura deste post não propõe só a equilibrar o brilho como também reter umidade na pele.

- Lista Completa de Ingredientes:

Water, zinc oxide, cyclomethicone, octamethyltrisiloxane, ethanol, ethylhexyl methoxycinnamate, polymethylsilsesquioxane, dimethicone, talc, methylpentanediol dineopentanoate, glycerin, dimethicone copolyol, silica, PEG-9 polydimethylsiloxyethyl dimethicone , cyclopentasiloxane, acetyl hyaluronic acid Na, polyquaternium -51, lauroyl glutamate (phytosteryl / octyl dodecyl), BG, methicone, cetyl dimethicone copolyol, (alkyl acrylate / dimethicone) copolymer, tocopherol acetate, sulfate, Mg, fragrance - Frasco de 30 ml.

O Nivea for Men UV Protector é mais uma excelente opção para quem busca alta proteção contra os raios UV-A e UV-Bacabamento neutro e sedoso.

A praticidade de aplicação, sem ocluir os poros, somado aos agentes hidratantes, torna-o ainda mais interessante.

E o diferencial? O custo dele pode variar, mas, dependendo do frete, é possível comprar três frascos pelo preço de um “bom” filtro solar vendido no mercado nacional.

Ultimamente estou inclinado a preferir filtros solares  com função “clear water”, que são mais leves, não-pegajosos, sem sensação de oclusão e tem acabamento “soft“.

Nivea for Men UV Protector parece ser a opção mais “clear” da marca, mas pretendo ainda conhecer outros da linha. Aguardem!

Concluo com a mesma certeza que iniciei este post: a Nivea japonesa – by Kao Corporation – produz as melhores linhas de fotoproteção.

- Onde comprar: o meu primeiro frasco foi uma cortesia da Cris, do Cosméticos Japan . Ela está vendendo por R$ 43,00. Na Makie Cosméticos também revende o produto, custa R$ 20,00 + frete. Para quem prefere comprar no Brasil, a Vânia tem do produto para pronta entrega, sai por R$ 63,70. No Japão, custa 609 ienes (algo em terno de R$ 18,00) e no Ebay pode custar US$10.00.

30 Respostas para “Nivea for Men UV Protector Oil Control SPF 50 PA+++”

  1. scheila 19 de fevereiro de 2014 às 21:00 #

    Oi Nando saudades, uso o Boire bright face milk que vc me indicou e adoro tenho um filho de oito anos com dermatite atópica grave com pele extremamente seca porem ele detesta os protetores sem efeito mate e vive usando o meu Biore que por incrível que pareça ele não fica com a pele escamada e ressecada mas me preocupo com o fato da remoção do protetor na pele dele pois precisa ser algum protetor que saia com água.
    Por favor Nando dos de um help.!!!
    bjs.

    • Nando Goober 23 de fevereiro de 2014 às 12:53 #

      Oi Scheila,

      Há alguns filtros específicos para peles de crianças, o Nivea Mild, por exemplo, pode ser usado. Ele não é tão mate quanto o Bioré, mas seria mais indicado. Só que eu prefiro retirá-lo com demaquilante também.

      Experimentar versões mais em aqua, como os da Bioré… são leves, desaparecem na pele e não precisam de demaquilante. Este: Bioré UV Aqua Rich Watery Essence Water.

      Eu não usaria Bioré Milk na pele dele.. embora a excelente proteção e aderência dele seja perfeita para peles dos pequenos (são agitados, suam, pulam, ficam muito tempo no sol bricando)… o que eu te indiquei vai sair mais fácil..

      Bj

  2. Andrea 20 de fevereiro de 2014 às 12:21 #

    Oi Nando! Mesmo sendo mulher, fiquei muito curiosa pra testar esse protetor. Na verdade, já vinha com vontade de usar algum “masculino”, ver se sentia alguma diferença. Infelizmente, com essa demora das encomendas internacionais, tá difícil. Aliás, os meus produtos estão acabando e estou tendo que apelar para os nacionais. :(

    Uma dúvida, não lembro se já comentou antes: como você passa o protetor? Espalhando ou dando “tapinhas”? Minha vida inteira eu passei espalhando, primeiro até a “absorção”, depois espalhando só pra ficar uniforme, e ultimamente tenho tentado a técnica o tapinha.

    • Nando Goober 20 de fevereiro de 2014 às 15:13 #

      Eu espalho, sem esfregar muito.. depois que eu faço leves compressões com os dedos/ batidinhas, p “assentar”… filtro físico tem que saber espalhar bem para não manchar de branco.

      É meio marketing isso de produtos p homens e mulheres, claro, há algumas particularidades, mas em fotoproteção, não vejo diferença.. pode ser usado tranquilamente… lembrando que homens são mais chatos com texturas, por isso o Nivea for Men é bem mais soft..

  3. Gabi Cavalcante 20 de fevereiro de 2014 às 16:13 #

    Excelente. Obrigada pela resenha, estava louca pra saber mais sobre esse protetor.

  4. Ana 23 de fevereiro de 2014 às 11:58 #

    Nando, concordo com tudo da resenha!
    Bem, comecei minha ‘saga’ dos filtros solares asiáticos com Bioré Bright Milk, achei a textura maravilhosa e pensei que nunca iria encontrar nada melhor (japa, é claro!). Daí, depois de um comentário num post antigo, encomendei o Nivea for Men Oil Control. A textura dele é muito leve mesmo, não dá aquela sensação de oclusão que o Bioré dá. Deixa um aspecto e textura muito natural na pele. Por não ser muito mate, aceita muito bem produtos em pó (base, finalizador) por cima e não fica aquele aspecto ressecado (como ficava com Bioré…). Só vejo duas desvantagens dele em relação do Bioré: 1) Não segura a oleosidade tão bem; 2) Não é tão resistente ao suor. Mas pra uso no dia a dia, acho o melhor, no meio do dia é só usar um lencinho pra absorver a oleosidade e reaplicar um pó com FPS por cima que tá tudo certo! Pra uso em situações extremas de calor e suor, ainda vou de Bioré.

    • Nando Goober 23 de fevereiro de 2014 às 12:46 #

      Oi Ana, obrigado pelos comentários!! Como ele é um filtro que, acho, quase ninguém ainda testou (achava que só o Roberto..), queria saber a opinião dos outros.. e você disse tudo.

      Realmente ele fica bem com pó, não deixa cobertura “pesada”.. no final do dia, a face não fica com aspecto que foi “drenada”.. sim, filtros secos dão uma cobertura, no final do dia, que a pele desidratou. Uma dica ótima é reaplicar um filtro mais cremoso, tenho feito isso com o Nivea Mild.

      Ganhei o Bioré Whitening, ele é mais cremoso, parece uma base.. quando aplico por cima de tudo, deixa um aspecto maravilhoso na pele.

      E sim, não tem como comparar a resistência suor/ sebo/ impermeabilidade do Bioré (desperdício, mais uma vez, borrifar água termal sobre ele..rs) com o Nivea ou qualquer outro filtro – pelo menos dos trocentes que eu já testei. Só que o Céu também é o Inferno: essa alta impermeabilidade que o torna extremamente oclusivo.

      Como você tem os dois, já tentou usar o Nivea e reaplicar, no meio do dia, uma fina camada do Bioré?

      Eu também prefiro aplicar um lenço ou pó para segurar o brilho que aparece no meio do dia.

      Por isso preferi esperar um novo teste com o Nivea for Men para saber como ele se comportar em dias quentes.. antes, quando ainda não estava o inferno na Terra aqui, eu sentia melhor o efeito “oil control”. Mas eu devo mantê-lo no Outono e Inverno – do Rio, claro – porque deve ficar perfeito.

      • Ana 25 de fevereiro de 2014 às 22:48 #

        Ih Nando, pra mim é inviável reaplicar com Biore. Pela manhã, depois do filtro Nivea, uso make – corretivo onde precisa, base em pó, blush, pó finalizador… Tenho reaplicado com o Etude House Sun Prise fps50. Gosto dele, apesar de ser pó não fica aquele aspecto de pele seca sabe, fica natural. Desses novos lançamentos de filtro solar, estou pensando em encomendar o Biore Aqua Rich BB fps50 PA++++. Imagino que por ser BB cream e em creme, não deve ser tão oclusivo como o Biore líquido. Queria uma alternativa pros dias mais fresquinhos (outono chegando, eba!!!) e também pra casar com a pele nos dias que ela ta magoada com os ácidos rsrs

      • Nando Goober 26 de fevereiro de 2014 às 14:19 #

        UM que estou aqui é o Biore aqua rich whitening.. textura cremosa, mas dá um up bonita na pele.. não é matificante ( n achei oleoso, mas textura hidratada), mas gostei dele.. adoro usá-lo para reaplicar..

        Quero testar os sara-sara ou clear lotion, porque somem na pele… sinto pouca oclusão.. vou receber um novo daqui a um mês…

  5. Carla 25 de fevereiro de 2014 às 19:34 #

    Nando, comprei o Bioré – Sarasara UV Aqua Rich Watery Jelly Water Base Whitening e o Nivea – Protect Water Gel para passar nos braços, mas estou em dúvida se é preciso esperar algum tempo depois de passá-los para poder se expor ao sol – como a maioria dos protetores daqui – ou se a proteção é imediata. Você sabe me informar qual é o modo correto?

    • Nando Goober 25 de fevereiro de 2014 às 22:01 #

      O primeiro, por ter filtro físico, pode conferir uma proteção imediata, mas sempre espero alguns minutos até “assentar” na pele.. para reaplicar, já não tenho problemas..

      O Water gel já seria melhor esperar um tempo, 15 m, p ele proteger,

  6. Juliano 25 de fevereiro de 2014 às 20:22 #

    Achei o preço extremamente salgado, considerando que vem com apenas 30ml. Eu nunca usei filtros japoneses, fica difícil entender essas análises sem usar um filtro solar nacional como parâmetro. Falando em filtro nacional, recomendo vc a testar o Adcos Fluid FPS 30. Ele tem PPD 16, sílicas anti-brilho, Sebaryl, Alistin, vitamina E, Tinosorb M e S, Sunsafe-TiO2M (SF-S), Uvinil A Plus, Neo Heliopan AP, Ensulizole e é isento de parabenos, benzofenonas, 4-mbc, perfumes, álcool etílico e corantes. Textura líquida fluída, suave, não comedogênico e resistente à àgua. Não lembra em nada o Adcos Spray Addoctor e Adcos Fluid 40. Acho que é o que existe de melhor no país hoje. E a embalagem de 120ml o torna bem econômico.

    • Nando Goober 25 de fevereiro de 2014 às 21:59 #

      Eu já fiz comparações, em resenhas anteriores, com possíveis versões nacionais, mas fica difícil comparar porque os asiáticos têm textura superior.. além da proteção.

      Este Adcos tem no meu curso, uso nos clientes, mas em mim não dá para usar.. fora que uma pele com serum ou um mero hidratante já atrapalha o espalhamento.. prefiro ainda o Nivea.. e estamos falando de um filtro com FPS superior ao 50.. uma versão FPS 50, com 60 custa, em média, aqui, uns 60, 70 reais.. com esse valor consigo comprar até três Niveas.

      Mas gosto da Adcos com a linha Acne e anti-idade.. mas dificilmente consigo usar qualquer filtro nacional..

      abraços.

    • Nando Goober 26 de fevereiro de 2014 às 13:58 #

      Ainda sobre o Adcos Fluid FPS 30.

      Hj fiz uma enquete lá no curso, porque recebemos este protetor para atendimento.
      Eu já não gostava dele por dois motivos
      - Sempre concluirmos o protocolo com algum finalizador (gel secativo, serum revitalizante, ácido… ) e FPS. O Adcos não adere na pele com algum cosmético. Esfarela, empelota.. e olha que somos instruídos a usar um “tico” de filtro.
      - Deixa a pele dos clientes/ alunos de fototipo alto branca. O único filtro físico dele é o Dióxido de Titânio e mesmo aplicando pouco, deixa a pele mais clara.

      Perguntei aos alunos e a professora: unanimes – não adere e deixa a pele branca.
      Que “acha bom” não usa nem um terço do recomendado e reclama que fica branca/ esfarela.

      Eu poeria até resenhá-lo e fazer um comparativo, msm com o Nivea, mas não seria favorável p ele… o Nivea vc joga na pele bem hidratada e ele espalha e ainda sela.. e estamos falando de protetor com Óxido de Zinco e FPS superior.

      • Juliano 1 de março de 2014 às 18:35 #

        Ah, entendi. Legal. Realmente não tenho o costume de aplicar mais nada além do filtro solar, então pra mim ele serve, sem contar que sou bem branquinho. Já aconteceu de eu aplicar outras marcas de filtro solar apenas em cima da pele tonificada e não ficar uma textura legal, quem dirá por sobre hidratantes e seruns. Talvez um dia eu experimente esses asiaticos, mas experimentaria algum sem álcool. Sou muito sensivel ao alcool. O que unico que suporto usar eh o Isdin FPS 100+. Mesmo assim, se eu abusar, meu olho começa a arder com ele. O último filtro alcoolico que usei foi o novo Helioblock serum. Sinceramente. Deveriam proibir aquilo no mercado. É alcool puro. Deu até raiva de ler umas resenhas favoráveis a ele, haha. O filtro solar ideal pra mim seria algo com textura identica aqueles em gel da Vitaderm, mas com filtros fotoestáveis, UVA/UVB alto e resistente a àgua. Isso eles não são nem um pouco. Me sinto muito desprotegido com eles. Já abandonei… mas a textura eh perfeita.

      • Nando Goober 6 de março de 2014 às 12:43 #

        Há vários filtros sem álcool, eu uso um outro Nivea que não tem, o Mild. Já testei alguns em veiculo gel do Japão que eu amei, porque não diferentes, parecem um serum leve que espalha muito bem. Ultimamente tenho gostado dos com função Clear Water, pois espalham e absorvem rapidamente, criam uma sensação sedosa na pele, discretissima.. dá para usar várias vezes… receberei, em breve, outros similares.

  7. carlos 28 de fevereiro de 2014 às 1:40 #

    Olá Nando!
    Parabens pelo post e pelo blog inteiro! Tenho apreciado muito a leitura dos posts e admiro seu cuidado para com as dúvidas e comentários dos leitores. Muito bacana.
    Se nao for demais, gostaria de sua ajuda. Acabei de receber este filtro “nivea uv protection for men ” que acabastes de resenhar. O problema é que não consigo achar a data de validade!rs. No fundo do frasco tem um número que deve ser o lote e mais nada. Tem a inscrição “1-14-10″. Seria isso a validade? Na embalagem externa nada auxilia…
    Enfim, obrigado por todos os posts, dedicação e atenção!

    • Nando Goober 6 de março de 2014 às 12:44 #

      O Pedro comentou aqui mesmo que os filtros não têm data de validade inscrita na embalagem.

    • Nando Goober 6 de março de 2014 às 12:45 #

      Aliás, o que achou dele? Já usou?

  8. carlos 28 de fevereiro de 2014 às 1:42 #

    Ah, a inscrição “1-14-10″ está no verso do frasco, logo abaixo de “30ml”.

  9. Lucas 6 de março de 2014 às 18:26 #

    Nando, vc é o meu fado madrinha!!

    Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo excelente blog e a atenção e o carinho Q vc tem com os leitores!!
    Gostaria também de agradecer pelos dias Q vc passa pra escrever essas resenhas detalhadissimas!! Meu Deus!
    Gostaria de saber se vc está gostando do curso e Qnto tempo Q ele dura!!

    Já comprei o Nívea for men oil control Q vc tinha me indicado antes, no ranking dos protetores, mas ele ainda não chegou!!
    Estou super ansioso!!!
    Assim Q chegar eu deixo aq meu comentário!! Acho Q não vou gostar muito
    Pq eu gosto de protetores Q tem o efeito mate e bem oil control!

    Nando, será Q tem como vc passar o link dessa comparação de protetores nacionais?
    Também sou apaixonado por cosméticos, mas infelizmente só fui descobrir essa linha japonesa esse ano! E olha Q eu fiz intercâmbio no Japão ( quanto tempo perdido :()
    Mas entao, eu já testei o Adatina normalize matte o roc 30,70 o Vichy oil control e acabeinde comprar um Q meu dermatologista me indicou Q chama filtrum ultra seco de uma marca não tão conhecida chama Libbs
    Tô testando ele atualmente, mas até agora o meu preferido é o roc 70 e o biore perfect fave milk ( Q não posso usar todos os dias Pq infelizmente me dá espinhas)

    Então, voltabdo pros japoneses, gostaria de saber se o q provoca esse entupimento dos poros é o fato de o protetor ser físico, ou se é característica de alguns mesmo!!

    Que pó e esse Q vc passa a tarde para absorver a oleosidade?!

    Aq, Pq vc não faz umas resenhas de umas pomadas, gel, ceras para cabelo?!

    Muito obrigado mais uma vez!!

    • Nando Goober 7 de março de 2014 às 11:34 #

      Oi, obrigado…

      O curso dura 1 ano e pouco.. mas em ano de Copa, não sei como ficará..

      Ih, em algumas resenhas.. acho que do Solanoveil.. porque depois, eu comparava um com o outro.. mas eu comparei com o Anthelios, que seria um protetor fluido e indicado para peles oleosas..

      A quantidade de filtros físicos, como Óxido de Zinco, a impermeabilidade, são vários fatores, mas te digo.. eu também tinha cravos e, o pior, pústulas quando usava os nacionais.. troquei só pelos cravos, mas ganhei em proteção impecável, textura ótima, podendo usar cosméticos por baixo, emfim, não perdi nada!

      Eu te digo, se o povo usasse a quantidade correta de filtro quando aplica um vendido aqui, ia compreender do meu sofrimento.. lá no curso aplicam umas gotas míseras e espalham bem.. proteção quase zero assim. Mas talvez eu tinha cravos e espinhas porque sempre abusei de filtro, mesmo nacional… rs

      Pó: eu aplico o Naris Up por cima do filtro.. se quero aumentar a matificação, tem o Innisfree No-Sebum que tem silica, é um blot.. mas no geral, toco a pele com um lenço mesmo. O pedro fez uma resenha ontem de um pó bem matificante.

      Cara, eu tenho várias ceras/pomadas aqui, mas confesso que sou péssimo para analisar e cuidar dos cabelos.. se tivesse alguém expert nisso eu até enviaria para o cara analisar e escrever as resenhas..rs

      abraços.

  10. Marcos 23 de março de 2014 às 19:48 #

    Estou usando e realmente é ótimo produto. Acabamento bem natural, e pele boa após o uso. Porém, creio que é o protetor solar mais difícil de retirar que eu já vi. Só sai mesmo com um óleo bem potente.

    • Nando Goober 27 de março de 2014 às 13:55 #

      Sério? Acho a aderência dele como dos outros Nivea, uso o mesmo óleo de limpeza.. o Bioré Milk que era complicado.

      • Marcos 7 de abril de 2014 às 0:08 #

        Analisando melhor, a dificuldade de retirar o produto está em que ele não combina com o azelan (gel), o que eu só descobri com alguns dias de uso. Os dois produtos interagem entre si, formando inclusive algumas crostras brancas em alguns locais. Nunca tinha usado azelan antes, e não sei como se comporta com outros protetores solares, mas com esse da Nivea realmente não tem como.

      • Nando Goober 14 de abril de 2014 às 14:19 #

        Entendi, você está falando na textura ou de interação de ingredientes?.. eu lembro de ter usado Azelan gel com algum filtro asiático, mas não recordo qual.. mas você espera a absorção do Azelan? Eu sempre tenho problemas com os fitros daqui porque eles não aderem por cima de nada..

Trackbacks/Pingbacks

  1. Mais alguns protetores solares asiáticos… | Vanity Pills - 14 de março de 2014

    […] sobre o Nivea for Men Oil Control, o Nov UV Shiedl EX, o Shiseido Sea Breeze UV Cut e o Isehan Sunkiller Perfect Water […]

  2. Nivea – For Men – UV Protector Control Oil | - 21 de março de 2014

    […] Resenha AQUI […]

  3. Gift Review: D program Smoothing Sun Block SPF 40 PA+++ | Vanity Pills - 2 de abril de 2014

    […] o aspecto de resistência/aderência, mas num contexto final, o resultado foi muito parecido com o Nivea For Men Oil Control: pele […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 550 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto:
- nice8 - price6