Tag Archives: Shiseido

Gift Review: D program Smoothing Sun Block SPF 40 PA+++

2 abr

D Program é uma marca da Shiseido voltada para peles sensíveis. O foco principal é reequilibrar a função da barreira da pele. Um bom estrato córneo se reflete na sua função integra, mas esta pode ser afetada pelo ambiente e o stress do dia a dia.

Shiseido+dProgram_1Assim, todos os produtos da marca são formulados de modo que não ocasionem nenhum tipo de irritação ou desequilibre a função do manto hidrolipídico. A saber: sem álcool, fragrâncias, parabenos, óleo mineral e corantes; num pH de uma pele “saudável” (entre 4.5 a 6.0, levemente ácido); fabricados em método “limpo” (alto padrão de controle de qualidade, higienização e embalagens ecológicas).

D Program tem linhas específicas para cada tipo de “problema” e condição da pele, como Acne Care, Vital Care (Revitalização), Balance Care ( Hidratação balanceada) e Moist Care (alta hidratação). Além de uma linha de maquiagem hipoalérgica:

Shiseido+dProgram_2

D Program: linha completa para todos os tipos de pele.

Há bastante tempo eu estava querendo testar alguns produtos da linha e recebi amostras do filtro solar, o D program Smoothing Sun Block SPF 40 PA+++:

Shiseido+dProgram+Smoothing+SunBlock03

Sachê duplo com 2.0 mL cada e frasco original com 30 mL.

Alegações: indicado para peles sensíveis. Fórmula hipoalérgica, não-comedogênica e livre de absorventes UV químicos. Resistente à água e ao suor. Não precisa de removedor especifico.

A textura é de uma emulsão levemente espessa,  excelente deslizamento sobre a pele – isso é ótimo porque evita massagear muito a pele na hora da aplicação e gerar vermelhidão -, absorve em alguns minutos. Lembra bastante uma loção hidratante:

Shiseido+dProgram+Smoothing+SunBlock02

Textura: emulsão com fácil espalhamento.

Acabamento, inicialmente, um pouco (pouco mesmo) úmido, sem ser pegajoso. Essa sensação de reflete num leve “glossy” que, após se “assentar”, torna-ase mais “neutro“.

Como falei, é como se aplicasse um hidratante e é assim que, após o filtro assentar na pele, ficará: toque hidratado.

Por ter apenas proteção física, deixa pele levemente esbranquiçada nos primeiros minutos de aplicação, mas algo muito sutil, desaparecendo logo após.

Diria que, de todos os filtros inorgânicos que usei, o D Program Smoothing é o que permite textura mais “clear“, acredito que até num fototipo mais alto não fique artificial. Por exemplo, não deixa rastros esbranquiçados na raiz do cabelo e pouquíssimo na barba.

Achei excelente para usar na área dos olhos e fica como sugestão para quem já me perguntou sobre dicas de filtro solar físico para usar nessa área. Não ardeu ou repuxou.

Não matifica e nem se propõe a isso. Identifiquei como um acabamento mais “neutro”, podendo até ficar levemente mate numa pelenormal“. Porém, numa pele mais lipídica, pode permitir que o sebum natural apareça um tempo depois, mas sem nenhum problema, pois nada que um não resolva.

Sempre enfatizo que um protetorneutro” não interfere na produção de oleosidade, ou seja, não ocasionará brilho após a aplicação.

Como aplico um , fica um acabamento suave. Sinto que fica bem natural, macia, sem opacidade, brilho acentuado ou “pesado” na aparência. Até o toque, com pó, ficou leve. Gostei.

Eu não consegui analisar o aspecto de resistência/aderência, mas num contexto final, o resultado foi muito parecido com o Nivea For Men Oil Control: pele integra.

Eu usei o conteúdo todo do sachê (2.0 ml) na aplicação, deu um pouco mais que a colher dosadora, aplicando várias camadas generosas (quase três camadas, isso mostra como tem uma textura agradável para espalhar). Ainda assim, absorveu muito bem e ficou natural na pele, sem ocasionar white cast e não irritou a minha pele.

Ainda apliquei o restante no dorso da mão e como eu seria eternamente feliz se existisse uma emulsão assim para o corpo, em quantidades generosas!

Como não tem fragrância, ocorre um odor natural de produto cosmético durante a aplicação, entretanto, bastante agradável e nada comparado com “cheiro” de protetor solar típico.

Ingredientes: ele é 100% filtro físico: Óxido de Zinco e Dióxido de Titânio. Com tem FPS 40, fica mais leve, sem causar sensação de oclusão.

Além de ser uma fórmula minimalista para não causar irritações. Apenas alguns silicones, glicerina (previne ressecamento), e como mencionado no começo, sem perfume, álcool, parabenos e pigmentos.

Poderia ser ainda melhor se tivesse o Ácido Tranexâmico, ingrediente-chave usado em quase todos os produtos da D Program.

Quem acompanha o blog sabe que eu sempre falo sobre ele, mas poderia citar o seu efeito clareador e anti-inflamatório, sendo benéfico para quem tem uma pele reativa.

Cada dia mais observo que as empresas de cosméticos nacionais já estão utilizando o Ácido Tranexâmico em suas formulações, bacana, não?

Recentemente fui numa feira de cosméticos voltados para área de estética e vi um peeling profissional, da Cosmobeauty, com o ativo.

A lista completa de ingredientes vocês podem acessar aqui.

Finalizando, D Program Smoothing Sun Block é um excelente filtro solar destinado a quem tem pele sensível, podendo ser usado até em crianças acima de 6 meses, gestantes e quem não tolera proteção solar com absorventes orgânicos (químicos).

Tem um acabamento suave, neutro, sem proporcionar sensação pegajosa ou seca; pouquíssimo ou nenhum aspecto esbranquiçado, porém (lá vem) com um valor um pouco custoso.

Pessoalmente achei um excelente protetor solar para uso diário.

Aguardem que estou preparando resenha do novo Bioré UV Bright Face Milk SPF 50+ PA++++….

- Onde comprar: no site Ichibankao tem toda os produtos da D Program e o Smoothing Sun Block custa 4100 Ienes, algo em torno de R$ 89,00. Na Makie Cosmetics também há vários itens da marca, não achei o produto desta resenha, mas acredito que ela possa encomendar.

Gift Review: dois protetores solares que uso no corpo

15 nov

Está aberta a temporada de filtros solares!

protetor+solar+shiseidoIrei comentar sobre todos os filtros solares que estou testando, mas nesta resenha descreverei sobre dois deles que eu uso apenas no corpo.

Protetor solar para usar no corpo sempre foi meu grande problema, como já comentei neste post. Porém, ultimamente recebi um “ultimato” aqui em casa para não usar mais, porque os ingredientes dos filtros solares estão alterando a cor das minhas roupas brancas.

As minhas blusas do curso de estética estão ganhando um tom rosado e a minha calça branca manchou. Vou ter que renovar meu guarda roupa a cada dois meses.

Eu já reduzi a aplicação dos meus filtros para duas ao dia, mas com o horário de verão aumentando ainda mais o tempo de exposição ao sol, eu preciso de mais proteção, ainda no meio da tarde, quando vou para a academia.

Hoje farei duas minha resenha de dois filtros solares que eu ganhei e estou usando para essas ocasiões. O primeiro é o Shiseido Sea Breeze UV Cut & Jelly SPF 25 UV++

shiseido+sea+breeze+jelly1

Sea Breeze é uma linha de cosméticos voltado para o público adolescente (meninas, particularmente). São extremamente perfumados, quando digo isso, é até ironia, porque os produtos têm odores como maça verde, sabão, frozen, sabe aquelas borrachas coloridas com sabores de frutas? Algo assim.

shiseido+sea+breeze+jelly3

O protetor solar da Sea Breeze segue o mesmo padrão, é um veículo em milk (leite/ loção) ou jelly (gel), com “sabores” em cada embalagem:

Amarelo (“raspadinha de limão”), verde (maçã verde), púrpura (frutas vermelhas) e laranja (“sabão”).

A linha Cut & Milk é para exposição solar mais prolongada, como em praia ou piscina, enquanto que a Cut & Jelly é destinada para exposição diária, pois confere proteção média contra os raios UVs e sensação refrescante para a pele e os “sentidos”.

Eu ganhei um trial-set com os quatro aromas e duram poucas aplicações. As embalagens originais têm 40 ml (milk) e 60 ml (jelly).

A textura lembra mais um sérum asiático, na verdade, parece uma loção aquosa com sensação gelada, refrescante:

shiseido+sea+breeze+jelly2

Por causa do aroma cítrico do produto e do Mentol, é como se estivesse aplicando creme dental na pele. Para o nosso clima calorento é até delicioso de usar. Sério, não me julguem, mas eu gostei… rs

Tem ótima espalhabilidade e absorve rapidamente, ficando uma sensação sedosa, longe do aspecto úmido ou pegajoso dos filtros solares para o corpo comercializados aqui.

Uma curiosidade: ele tem repelente.

Até as versões em spray eu sinto como se estivesse com um plástico filme sobre a pele. Mas o Sea Breeze Jelly não é um filtro praiano, então, nem é justo comparar.

O odor pode incomodar no início, bem coisa de “menininha“, mas não fixa na pele, só se você “fungar” a pessoa. A presença de álcool é “camuflada” pela sensação gelada do mentol e do perfume.

Mas prefiro ter cheiro de “raspadinha de limão” que o cheiro do Sundown, embora produtos perfumados possam causar problemas em peles reativas/ alérgenas.

A média proteção é um ponto contra porque prefiro proteção UV-B, no mínimo, 30 e proteção UV-A igual ou superior a PA+++. Mas usei o Sea Breeze apenas para exposições curtas (como ir para a academia ou quando fico dentro de casa).

Mas isso não é problema para todo mundo, porque vejo que muitos ainda têm resistência em usar filtro solar no corpo para o dia a dia ou preferem usar um produto na faixa de PFS 15 para o corpo. Percebi que no Japão, durante o inverno, há uma procura de filtros com FPS entre 25 e 30 pela pouca exposição ao sol.

Ele tem um excelente filtro UV-A estável, o Uvinul A Plus, alem de dois outros filtros, Octoxinate (UV-B)  e Octocrileno (UV-A e UV-B)

Para peles sensíveis ele pode não ser muito indicado por ter ingredientes com potencial irritante como o mentol, lavanda e perfume.

Eu não apliquei na face, embora ele seja indicado para face e corpo, prefiro usá-lo apenas nos braços e mãos, logo, não fiz nenhum teste no rosto para detectar alguma intolerância.

A lista completa dos ingredientes vocês podem acessar aqui.

O outro protetor solar que uso no corpo é o Isehan Sunkiller Perfect Water Essence SPF 50+ PA++++

isehan+sunkiller+essence1

Sunkiller: não vejo nome mais apropriado para um protetor solar! Amor eterno!

O Pedro me repassou este filtro para testar e o considerou, para os padrões japoneses, que pode ocasionar brilho e pegajosidade. Como eu tenho a pele bem mais lipídica que a do Pedro, fiquei com receio de utilizar o cosmético no rosto.

Porém, em breve vou trazer resenhas sobre outros dois filtros da linha que eu recebi.

No site da empresa, vocês poderão conhecer sobre todos eles. Alguns já contam com alta proteção UVA (PA++++) após passarem por reformulação. É uma linha popular, com preços mais em conta, bons ingredientes e uma variedade de produtos.

isehan+sunkiller+essence2

Alegações: protetor indicado para exposições prolongadas, contém antioxidantes e hidratantes, indicado para o rosto/corpo, pode ser usado como base de maquiagem e não necessita de limpador específico (demaquilante):

isehan+sunkiller+essence5

O filtro vem numa bisnaga bem maleável, que aliás, gosto mais de usar, porque facilita a saída do cosmético conforme você vai apertando. Por experiência, eu percebo que no finalzinho do produto, basta “cortar” o frasco e retirar o resquício que sobrou:

isehan+sunkiller+essence3

A textura, embora descrita na embalagem como essence (sérum), parece um “cream gel“: visualmente lembra um creme, mas ao espalhar sobre a pele, cria uma textura mais aquosa, similar a um gel:

isehan+sunkiller+essence4

Espalha facilmente sobre a pele e absorve na medida, criando um aspecto de pele hidratada. Como eu aplico no pescoço, não sinto uma pegajosidade incomum, não me incomoda, mesmo porque não gosto de filtros matificantes nessa área.

Eu diria que qualquer pegajosidade no corpo seria mais de um simples hidratante que um protetor solar. Simples.

Digamos que ele, ao contrário dos filtros vendidos no Brasil, não “gruda” na roupa ou atrai poeira. É verdade, observo que ao longo do dia, meu corpo, por causa do filtro solar comum, fica com poluição “grudada” nele. Fora o colarinho das blusas que ficam sujos. Com o Sunkiller Essence não percebi nada assim.

Tem fragrância cítrica e álcool na fórmula, mas não proporciona um sensorial refrescante como o Sea Breeze descrito na primeira resenha. 

Nesta semana eu resolvi testar ele também no meu nariz, área que eu tenho uma maior incidência de comedões (cravos).

Os meus comedões não são aqueles visíveis, abertos, pelo contrário, preciso passar algodão úmido, fazendo “varredura“, para conseguir detectá-los ou usar lente de aumento.

Mas tenho percebido que o maior agravante disso é o uso de filtro físico, em especial, o Óxido de Zinco. Infelizmente, apesar de ser padrão “ouro” como protetor solar UV-A e UV-B, seu potencial oclusivo  – criar tamponamento dos poros - é imenso, pelo menos no meu caso. No final do dia posso até perceber inflamações na área obstruída.

Assim, vou deixar de lado, por um tempo, o uso de filtro físico líquido na área do nariz, preferindo filtros em textura gel ou cream gel, com, no máximo, Dióxido de Titânio cono filtro inorgânico.

Para não excluir totalmente o Óxido de Zinco, ainda aplico na versão em , garantido um efeito mate.

O Sunkiller Perfect Water Essence não tem Óxido de Zinco, mas tem outros filtros que eu acho excelentes, como o Uvinul A Plus e Tinosorb S, conta com um pouco de Dióxido de Titânio e Octinoxate. Desta forma, proporciona alta proteção UV-A e UV-B.

Tenho feito assim: aplico um dos meus Niveas com filtro físico em toda a face, mas na zona do nariz aplico o Sunkiller Essence. “Normalizo” tudo com filtro em (este) ou um à base de silica (este).

No final do dia, percebo que a área onde apliquei o Sunkiller Essence não fica muito espessa ou destacada nos poros, por causa de todo o “reboco” usado ao logo do dia (filtro líquido, pó, reaplicação, fora outros cosméticos).

Ainda estou fazendo experiências para avaliar melhor, se continuar tendo comedões, vou usar apenas gel com filtros orgânicos e “selar” com um.

Mas, continuando, o Sunkiller Essence conta também, na sua lista de ingredientes, com três tipos de Ácido Hialurônico (Sodium Acetylated Hyaluronate, Sodium Hyaluronate e Hydrolyzed Hyaluronic) e três tipos de Antioxidantes: Vitamina E (Tocopherol), Vitamina C (Ascorbyl Tetraisopalmitate) e Vitamina P (Glucosyl Hesperidin).

Destacando o derivado de Vitamina C, Ascorbyl Tetraisopalmitate, que eu considero um dos melhores, pois não irrita a minha pele e confere maior luminosidade. Ele inibe a melanogênese e favorece a síntese de Colágeno.

A Vitamina E (Tocopherol) aparece na fórmula como princípio antioxidante e não meramente como carreador ou conservante.

E enfatizo também o Super Ácido Hialurônico, que absorve o dobro de água e permite maior hidratação da pele. Sobre ele e os outros derivados, eu sugiro a leitura desta resenha.

Concluindo, um fórmula típica de filtros solares asiáticos, mas que dificilmente encontraríamos aqui no Brasil algo similar, sendo vendido em farmácias e supermercados por, convertendo para a nossa moeda, 25 reais.

A lista completa dos ingredientes pode ser acessada aqui.

Ao longo do mês vou publicar outras resenhas e comentar como estou utilizando cada um deles. E terei um trabalho redobrado para atualizar o meu “Ranking“.

Quem já me acompanha há bastante tempo, sabe que todo filtro solar que eu uso tenho que inserir na minha lista pessoal.

Para efeito comparativo, o Sunkiller Perfect Essence estaria entre os 12, 13 e 14. Aguardem!

- Onde comprar: ambos os filtros solares foram cortesias, os da Sea Breeze eu recebi da Cristiane Semanaka, do Cosméticos Japan. O Sunkiller foi me presentado pelo Pedro, só que, por coincidência, também foi uma cortesia da Cris. Ela tem todos os protetores solares da linha Sunkiller para vender. Custam em torno de R$ 42,00 com frete grátis. No Ebay, há vendedores oferecendo por volta de US $11.00.

Nova rotina, viagem, dieta…

1 jul

Olá povo! Sumi por um longo período, pois fui morar em Porto Alegre. Quem me conhece melhor sabe que eu sou de Niterói, Rio de Janeiro. Neste tempo, fiquei impossibilitado de postar, além da ausência de horário livre. Recebia algumas mensagens perguntando se eu tinha mudado minha rotina de cuidados, quais os produtos novos para tolerar o frio, etc.

rotina+cuidados0

Bom, primeiramente voltei para o Rio. Penso, futuramente, em morar definitivamente no Sul, mas na serra gaúcha. Segundo, mantive a mesma rotina de cuidados, tanto em produtos quanto na alimentação, que eu já fazia aqui, com alguns adendos e/ ou adaptações.

Foi a primeira vez que eu morei fora, longe de tudo e de todos. E não conhecia absolutamente nada! Cheguei lá sem saber onde eu ia morar, apenas tinha a certeza que teria um quarto, no apartamento de um amigo, aliás, a única pessoa que eu conhecia em Porto Alegre.

Nos primeiros dias, sofri um misto de frio e calor, minha pele entrou em parafuso. Fui apresentado a vários lugares, e ficava fora de casa por umas 10 horas. Então, foram horas e mais horas exposto ao sol e ao frio, e percebi que meu rosto ficou com uma “máscara avermelhada” nas bochechas, muito parecido com sintoma de rosácea, inclusive pequenas “aranhas vermelhas”.

Não era queimadura, era realmente uma sensibilidade acentuada. Tanto que dias depois, quando ficava menos exposto a fatores ambientais, a pele reduziu o rubor.

A água muito fria piorou o meu barbear, tinha sangramentos e foliculites que me acompanharam pelos dois meses, só agora, duas semanas após ter retornado ao Rio que sumiram.

Eu não lavo meu rosto com água quente, embora seja recomendando, só se tivesse torneira para água fria/ quente, então, tive que me acostumar com isso. Algumas vezes, meus dedinhos ficavam roxos nas pontas, porque além de lavar o rosto, também precisava cozinhar, limpar alimentos e lavar a louça. Vida de Maria praticamente.

O uso do Ácido Retinóico também contribuiu para sensibilizar a pele, embora eu já estivesse usando-o no Rio há pelo menos dois meses.

Mas sem mais delongas, vamos à minha rotina: pele:

Pela manhã lavava o rosto com a espuma Bioré Facial Moisture, ainda é dos meus limpadores preferidos, pois a minha pele não ressecava com ela.

Aplicava em seguida a loção Shiseido Aqualabel White Up S e a emulsão da mesma linha, ambos os produtos ajudavam a manter a pele bem cuidada e como tem Ácido Tranexâmico, ajudava a melhorar a sensibilidade da pele, reduzia o rubor causado pelo excesso de sol/ frio.

rotina+cuidados1

A emulsão é de uma textura fantástica, pode ser usada tanto no verão quanto no inverno, talvez no frio do Sul eu precisasse até um pouco mais de hidratação, mas não tive problemas decorrentes do frio, como descamações, só quando o ácido ressecava demais a pele.

Porém, percebi que a barreira de proteção da pele estava enfraquecida, não por menos acordava com manchas avermelhas ou cravos, decorrentes de produtos que eu já usava e minha pele nunca reagia assim. Contudo, era questão de adaptação.

No barbear eu usava o Espuma Gillette Series Hidratante, que permitia melhor deslizamento da lâmina e lubrificação.

Minha pele deixou de ser oleosa. Pelo menos no período que vivi no Sul, ela ficou mais “neutra”, com pouca produção de gordura. Tive a impressão também que os poros estavam mais discretos.

A ausência de calor reduziu oleosidade, porque sempre noto que as altas temperaturas no Rio ajudam a aumentar o tamanho das glândulas sebáceas e, como conseqüência, o aumento de sebo, cravos e poros mais destacados. Mas foi um período que eu nem precisei usar meu pó Innesfree No-Sebum Mineral, aliás, apenas uma noite onde eu fui passear e queria mais manter a pele com aspecto sedoso, apenas.

Na área dos olhos eu usava uma amostra de anti-idade da Vichy, com Retinol. Depois, voltei a usar o La Roche Posay Redermic R, aplicando duas vezes ao dia.

rotina+cuidados2

Em termos de proteção solar tenho que ressaltar o quanto o Nivea Sun Protect Mild me ajudou. Por incrível que pareça eu pegava mais sol no Sul que aqui no Rio. Mas grande parte do período eu costumava consultar sites de meteorologia para saber o Índice UV da cidade e era sempre inferior. Enquanto que no Rio era alto, acima de 10, em Porto Alegre costumava ficar em 3, moderado. Contudo, como ficava muito tempo na rua, não tinha tempo de reaplicar e, mesmo assim, a pele ficava intacta.

Passei um dia inteiro na praia de Torres (foto que ilustra a postagem), subindo os canyons do local, exposto ao sol forte e não tive queimaduras.

O único inconveniente dele é a aplicação: por ser 100% filtros físicos, requer um trabalho em dobro. Aplicar num local com boa luminosidade, espalhar bem, a pele tem que estar bem cuidada, pois qualquer sinal de descamação ou barba rala já atrapalha e pode esfarelar. Além do mais, ele transfere para a raiz do cabelo e se não limpar, parece que está com seborreia.

Sempre faço um “check in” com um espelho de aumento, na luz do dia, para ter certeza que estou com a pele homogênea. Por isso não é muito prático para reaplicar na rua, mas a proteção dele compensa.

E nunca esquecia de aplicar um protetor labial, uso o Sundown FPS 30.

No corpo eu usava o L’Oréal Expertise FPS 30. Aliás, digo, apenas mãos e pescoço mesmo. Foram raros os dias que eu usei nos braços, pois os mesmos viviam cobertos por roupas. Mas esses filtros praianos, pode estar fazendo um frio ártico que eles nunca ficam “secos”.

Eu adotei um novo “vício”: aplicar talco Barla no corpo – ideia que o leitor Roberto já comentava aqui.

rotina+cuidados3

O truque é assim: antes de se vestir, aplique uma camada generosa de protetor solar nas áreas expostas, como braços, mãos e pescoço. Em seguida, polvilhe o talco, eu aplicava na palma da mão e depois massageava no corpo, mas pode ser usado como um pincel específico, como aquelas usadas em cabeleireiro – lembra uma esponja maior, usada por nossos avós para passar pó de arroz.

Eu aplico bastante, desaparece rápido na pele e imediatamente ela ganha um sensorial mais sedoso.  Não exclui 100% a sensação pegajosa, mas reduz bastante e evitar que o filtro seja transferido para a roupa. Após isso, eu já posso me vestir.

Se usar de forma inversa, após colocar a roupa, corre o risco de salpicar a mesma com talco. Quando reaplico o protetor, tenho o mesmo trabalho.

Já estão cansados com tanto trabalho? Outro cuidado “básico” que eu recomendo aos rapazes vaidosos é pentear as sobrancelhas, principalmente se elas forem do tipo “rebelde sem causa”.

O que eu gosto de fazer é usar um aplicado de rímel transparente para manter os fios intactos. Uma escovinha para dentes de crianças com um pouco de gel para cabelos, também desses para crianças, funciona igualmente.

Assim, para quem tem sobrancelhas grossas ou finas, mas que ficam displicentes ao longo do dia, resolve para manter um visual mais comportado.

Minha rotina diurna era bem simples, pois meus horários eram complicados.

À noite, retirava tudo com óleo de Limpeza Shiseido Perfect e, novamente a espuma Moisture.

Nas duas últimas semanas, quando meu óleo demaquilante acabou, eu comprei o Nivea Natural Oil para o corpo, um sabonete em óleo vendido em qualquer farmácia.

Ele é usado como sabonete líquido, sem precisar aplicar uma espuma após a primeira limpeza, mas para usar na face eu não gostei. Ele limpa demasiadamente a pele – até retirava o protetor – e sentia aquela sensação de estiramento, precisando aplicar um bom hidratante em seguida. Optei depois por usá-los apenas no corpo.

rotina+cuidados4

Ainda continuo usando as loções da Paula’s Choice, como tônico noturno uso o Redness Relief Treatment, para amenizar o rubor, tem ação anti-inflamatória, e hidratar; em seguida aplico o Clear Regular Strength Targeted Acne Relief Exfoliating Toner, com Ácido Salicílico 2% que ajuda a manter a pele com viço e luminosa.

Antes de dormir, aplico o La Roche Posay Redermic R em toda face e área dos olhos.

rotina+cuidados5

No corpo eu usava uma loção Nivea Soft Milk, com Manteiga de Karité, comprei logo um tubo de 400 ml. Eu achei a loção bem gordurosa, mas absorve bem e cria uma leve película, há uma versão Milk que, ao contrário, era pegajosa demais. Eu digo que ela salvou as minhas mãos da água gelada e produtos de limpeza.

Finalizando eu aplicava um lip balm, no caso o Carmex, para proteger os lábios.

rotina+cuidados7

Alimentação:

Confesso que a minha maior preocupação era conseguir manter uma dieta equilibrada e saudável. Sempre escuto os amigos falando que morar sozinho acaba gerando preguiça para cozinhar, o que acaba levando o indivíduo a ingerir bobagens, comidas enlatadas e macarrão instantâneo. Balela.

rotina+cuidados8

Antes de viajar, eu procurei esquematizar tudo que eu poderia comer de forma mais simplificada, analisei o valor total de calorias que precisaria para manter meu atual peso.

Primeiro fiz os cálculos da minha Taxa de Metabolismo Basal (TMB), que costuma somatizar a altura, peso, idade, fator de atividades físicas, alguns ainda analisam o percentual de gordura corporal. No final deste cálculo, ele mostra as calorias necessárias para manter o corpo em homeostase, ou seja, manter-se em equilíbrio. Essa primeira parte vai assinalar como manter a estrutura que você já tem, sem ganho ou perda de peso, que era o meu objetivo.

Quando você precisa emagrecer ou engordar, há um déficit ou superávit de calorias para isso, mas é algo que precisa ser avaliado de forma pessoal. Eu quando quero aumentar minha massa muscular, aumento uns 10% das calorias do meu TBM e vou regulando conforme meus ganhos.

Eu comia, em média, 2g de proteínas por peso. No meu caso, isso dava 140 g de proteínas, que poderia ser de ovos, peito de frango, atum e alimento proteico em pó de alto valor biológico.

Eu dividia tudo em seis a sete refeições. Acrescentava mais 1 g de gorduras boas, que poderia ser azeite de oliva extra-virgem, oleaginosas (mix de castanhas, amêndoas e amendoim) e cápsulas de ômega 3.

Consumia bastante carboidratos complexos e fibrosos, como pães integrais, farelo de aveia, batata-doce e mandioca.

Na rua, comia também leguminosas, como o feijão e a ervilha. Também acrescentava diariamente as hortaliças, o que em dava um trabalho para cozinhar: cenoura, beterraba, chuchu, couve-flor e brócolis.

Frutas eu consumo sempre bananas, no café da manhã,  200 ml de suco fresco de laranja; maças e uvas no almoço.

Acrescento na minha rotina, em média, 4 litros de água! Ah, alguns outros alimentos funcionais, como vinho tinto e chocolate amargo.

É fácil criticar quem segue uma rotina saudável, difícil é conseguir mantê-la. Sou mega chamado de neurótico por todos esses hábitos.

Eu uso alguns suplementos vitamínicos como Vitamina D, C e/ ou multivitamínico, principalmente ao acordar e após meu treino de musculação.

Sempre procuro ter um bom estoque de reserva de energia e garantir glicogênio adequado, o que me possibilitava andar léguas pelas ruas, afazeres domésticos e ainda malhar com intensidade no início da noite.

Entretanto, percebi que o frio aumenta meu metabolismo e precisei aumentar as calorias da minha dieta para evitar perda de massa magra. Ou seja, a minha dieta, para o mesmo objetivo, muda de acordo com a estação!

Para quem nunca tinha cozinhado, eu consegui sobreviver muito bem, aliás, prefiro preparar minha própria refeição, sempre. Procuro usar pouquíssimo sal, açúcar só quando muito necessário (não uso em sucos de frutas naturais) e evito o consumo exagerado de alimentos com alto teor de sódio.

Foi graças à minha dedicação que consegui mudar meu corpo e melhorar consideravelmente a minha estima.

Na foto baixo, eu pesava 53 kg, o que denotava uma aparência muito juvenil para quem tinha 30 anos. No “depois” Eu pesava 68 kg.

rotina+cuidados6

Hoje eu consegui acrescentar mais 4 kg no meu peso, mas quero sempre melhorar, buscando uma aparência com volume, definição e simetria. O mais importante é alcançar tudo com paciência, disciplina e bem-estar. Não é fácil, porque musculação é um estilo de vida e uma tarefa diária.

Ah, meus ganhos são limpos, sem nenhum tipo de droga hormonal, ok? Não tenho nada contra e convivo com amigos que fazem uso, mas eu sempre busquei me cuidar, no sentido preventivo, buscando resultados a longo prazo e duradouros.

O post ficou longo e nem tinha como ser diferente, procurei ser mais conciso na dieta porque não sou “expert” no tema, apenas leio bastante e converso com alguns profissionais na área, então, por favor, não me peça para avaliar a sua rotina alimentar (rs). É sério, meus amigos me pedem muitas dicas sobre isso e procuro apenas debater e indicar um bom especialista.

Como as minhas postagens viram um fórum de beleza, já espero um bom debate por aqui! Compartilhem também as suas rotinas (pele, corpo).

Melhores Compras de 2012 e Lista de Desejos 2013

18 dez

No ano passado eu fiz um tópico de futuras compras e produtos que eu gostei e recompraria. Consegui conhecer grande parte da minha lista; outros, eu desisti por falta de interesse mesmo e devido a outras descobertas.

compras+2012+0

Para o próximo ano, pretendo testar poucos produtos (?) e manter uma rotina mais minimalista (tanto em rotina de cuidados quanto em lista de ingredientes) e fiel – se é que eu consigo. Quero evitar desperdícios ou comprar produtos de indicações similares quando ainda tenho frascos abertos. Neste caso, apenas se for para estoque.

Entre filtros, limpadores, consegui encontrar produtos que eu comprei mais de uma vez, mas posso mudar tudo conforme for conhecendo outros itens excelentes, pois em se tratando de produtos asiáticos, quando você parece ter achado o produto dos seus sonhos, eles mudam a fórmula ou descontinua. Sempre é bom fazer estoque, principalmente de filtros solares, por causa dessas contantes mudanças.

Desta vez, irei listar por categorias.

Proteção Solar:

- Allie Extra UV Protector Perfect Alpha SPF 50+/ PA+++

compras+2012+1

Foi o protetor que eu mais usei neste ano. Embora não seja o mais mate, foi dos poucos que não me ocasionou efeito oclusivo ou outro tipo de problema na minha pele. Gosto da textura e da proteção dele. Mas com a chegada do calor escaldante, eu precisa de um filtro que tivesse acabamento mais seco e se comportasse muito bem na minha pele por até 12 horas. Eis que até agora o melhor foi:

Omi Solanoveil Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

compras+2012+2

Quando testei a primeira vez, fiquei receoso que este produto fosse seco ou oclusivo demais. Acabei recomprando na ausência do Allie Perfect Alpha e não me arrependi. É de longe melhor que qualquer protetor matificante vendido no Brasil. Foi a melhor substituição ao Bioré Perfect Face Milk, porque este causava cravos no final do do dia e me dava sensação de sufocamento.

Tenho usado o Solanoveil Perfect em dias escaldantes, ando no sol, e a pele continua com boa aparência e brilho controlado. Para a minha surpresa, até o presente momento ele não obstruiu os meus poros.  Será o meu protetor solar do verão. Talvez eu só teste produtos novos e manterei ele na minha rotina, pois o Custo X Benefício dele é o melhor.

Como citei nos primeiros parágrafos, recomendo estocar filtros solares caso você tenha um preferido.

Para 2013 teremos lançamentos com  a revisão do sistema de Índice de Proteção UV-A, onde alguns filtros mudaram a fórmula para se adequarem a proteção PA++++, ou seja, superior a PPD 16. Como eu suspeitava, alguns filtros, embora constando com PA+++, já tinham proteção superior a PPD 16, como é o caso do Kanebo Allie Mineral Moist FPS 50+. Estou bem curioso para os futuros lançamentos e a nova adequação do PA só reforça minha predileção pelos filtros japoneses. Recomendo a leitura deste texto que a Ratzilla explica sobre revisão dos filtros japoneses e lançamentos para 2013.

Anti-idade:

- La Roche-Posay Redermic R

compras+2012+3

Praticamente o único anti-idade que usei ao longo da minha vida foi o Ácido Retinoico, mas de alguns anos para cá, adicionei também Vitamina C em forma de soro, Niacinamida, etc. Como tenho a pele muito sensível, eu passei a conjugar o Ácido Azeláico (Azelan ou Dermazelaic) com o Retinoico para amenizar a vermelhidão da pele.

Meu Retinoico preferido é o Retin-A Micro, pois a minha tentativa com Vitanol A não deu muito certo. Mas há um mês e meio eu ganhei da leitora Drix o anti-idade Redermic R e tenho gostado bastante. Ainda é muito cedo para falar dos resultados, o que eu posso dizer é que ele não resseca ou descama a pele. A potencia dele é inferior a forma ácida da Vitamina A (Retinoico), mas a combinação de Retinol Puro a 0,1%, com um derivado do Retinol (Linoleato de Retinila 0,2%) e Lha 0,3%, potencializam a ação renovadora da pele e promove uma micro-esfoliação. Cada dia sinto a pele mais refinada, com textura uniforme, além de não piorar o rubor. Eu consigo aplicar, sem problema algum, na área dos olhos. Há dias que eu desperto apaixonado pelos resultados, por enquanto é meu “best seller“.

Parece uma opção excelente para usar no verão e nem tenho utilizado meu Retin- A Micro e o Dermazelaic à noite. Quando completar três meses de uso, talvez eu o conjugue com o Retin-A Micro.

Óleo de Limpeza:

Kracie Naive Natural Deep cleansing Oil

compras+2012+4

Foi o primeiro óleo demaquilante que eu recomprei – já estou no terceiro frasco – e pretendo mantê-lo na minha rotina. Limpa de forma eficiente qualquer tipo de maquiagem, filtro solar à prova d’água e retira o excesso de oleosidade. É perfeito para peles oleosas. Eu tenho o Etude House Real Art, que também gosto, mas uso esporadicamente.

Tônicos/ Loções:

Gostei e quatro tipos de loções que eu usei, mas com finalidades distintas: a primeira é a Aqualabel White UP Lotion S, indicada para prevenir manchas na pele, porém eu uso mais para melhorar a vermelhidão. A loção é leve e parece um Bepantol Solução. A segunda, Sofina Jenne Lotion I Fresh, que hidrata e controla o brilho por meio de pó de argila.

compras+2012+5

Da Paula’s Choice, pretendo recomprar a Clear Regular Strength Targeted Acne Relief Exfoliating Toner para usar como esfoliante químico diário. Junto com meus ácidos, esta loção tem ajudado a manter a pele com textura refinada e luminosa, poros desobstruídos e sem a necessidade de esfoliar fisicamente a pele.  Como a minha pele já se acostumo, até penso em recomprar a versão Clear Extra Strength, que parece ter melhor ação na redução de cravos e esfoliante.

Meu tônico noturno é o Redness Relief Treatment, pois tem efeito hidratante, anti-idade e previne vermelhidão. Gostei e pretendo recomprar, mas um frasco deve durar mais de seis meses!

compras+2012+6Hidratante para peles oleosas:

Aqualabel White UP Emulsion S: um produto tão agradável de usar que consigo usá-lo em qualquer clima. Eu não tenho problemas de desidratação ao longo do dia e minha ele não aceita hidratantes “gordos”, então, esta emulsão é perfeita para a minha necessidade. Antes, era impossível pensar em usar um hidratante no verão carioca, mas hoje uso todos os dias.

compras+2012+7Em outras categorias, continuarei recomprando alguns produtos que já usava e continuei usando em 2012, como o as espumas de limpeza da linha Bioré Skin Care Facial Foam, tanto a versão Moisture quanto a versão Pure Mild, adicionando uma mais específica para controle da oleosidade. Como anti-idade diurno, o Skinceuticals Sérum 10 AOX+ para face e o La Roche Posay Redermic [+] Eyes para a área dos olhos. E o melhor ingrediente para prevenção e tratamento de inflamações (espinhas cravos vermelhos) ainda é a Clindamicina que vocês encontram no Clindoxyl Gel, da Stiefel:

compras+2012+8

E a minha Lista de desejos?

- Olay Professional Pro-X: tenho vários leitores que adoram os produtos da Olay. Infelizmente,a linha Pro-X não é vendida aqui. Tenho interesse em conhecer vários produtos, entre eles o Olay Professional Pro-X Even Skin Tone Spot Fading Treatment:

compras+2012+9

É um soro indicado para manchas na pele, mas a fórmula dele tem uma concentração alta de niacinamida - já escrevi sobre este ingrediente -  que eu acho excelente como antioxidante, anti-inflamatório e hidratante. Usaria ele como um soro noturno, antes do ácido.

O Olay Professional Pro-X Deep Wrinkle Treatment seria uma opção para usar no lugar do Redermic R, pois contém Pró-Retinol e Niacinamida, que promete regenerar a camada externa da pele, suavizar linhas e rugas e melhorar a textura da pele.

Neste estudo há um comparativo que descreve como a combinação presente de Retinol, Niacinamida e Peptídeo como um tratamento cosmético comparado com um tratamento prescrito por médico à base de Tretinoína 0,02%. Tenho vontade de testá-lo, principalmente para usar na área dos olhos e pode ser interessante para quem não consegue tolerar um regime terapêutico com Tretinóina:

compras+2012+10

A Linha Pro-X tem tantos produtos interessante que daria para fazer uma lista só com eles e eu iria deixar os leitores cada vez mais confusos.

A Shiseido lançou este ano um produto que pretende tratar as linhas naso-labiais, o famoso “bigode chinês“. Sou muito cético para acreditar que produtos que “lavante as bochechas”, usaria ele como preventivo, pois tem indicação de redução da flacidez na área das bochechas e minimizar a aparência de linhas do sorriso. Meu trauma de ter bochechas grandes é delas caírem como aconteceu com meu pai e ter aquela aparência de bulldog velho - não quero isso para a minha vida!!

Por meio de estudos, a Shiseido descobriu o mecanismo que favorece a flacidez dessa área, que seria pelo aumento de gordura subcutânea e perda da elasticidade que sustenta as maças, assim, vincos são formado. A empresa patenteou o ingrediente Rubus Leaf Extract AAA como um agente que reverte o processo e miniminiza as pregas labiais. O produto é este Vital-Perfection Science Cream AAA:

compras+2012+11

Uma pendência que ficará para o ano seguinte é testar alguns produtos da linha Freeplus, voltada para peles sensíveis.  São eles: Free Plus Moist Care Emulsion 1 (Barrier Repair Emulsion1) e Free Plus Moist Care Lotion 1 indicados para hidratar restaurar a barreira de proteção natural  protegendo a pele de irritações. A versão 1 seria “fresh“, formulação mais leve e indicada para peles normais, mistas e oleosas. O bacana é que tem sample com os dois produtos para testar:

compras+2012+12

Espumas de limpeza:

Como citei em outro tópico, pretendo adicionar algumas espumas de limpeza indicadas para peles oleosas, minhas preferências são as seguintes: LG Beyond Purifying Facial FoamBioré Skin Care Facial Foam Medicated Acne Care: a primeira tem extrato de Chá Verde e Brócolis para purificar a pele, retirar o excesso de óleo ; já a segunda tem um ingredientes antibacteriano e anti-inflamatório além da tecnologia de limpeza desenvolvida pela Kao que promete retirar a sujeira da pele sem afetá-la (comentei aqui). O Pedro do East to West Skin Care já fez resenha de ambas as espumas.

compras+2012+13

Shiseido Ettusais Pore Care Serum: este produto é da linha Pore Care, indicada para redução do sebo e melhorar e prevenir poros visíveis. Há vários produtos, entre espumas loções e hidratantes  mas gostaria de testar este soro indicado para áreas com poros dilatados – há um ingrediente patenteado pela empresa de “encolhimento dos poros” – além de ter efeito “oil control” e parece ser ótimo como primer.

A linha Ettusais é indicada para peles oleosas e acne na fase adulta, então há produtos desde cuidados básicos, clareadores de manchas inflamatórias, desidratação e maquiagem para prevenir e controlar o sebo. Estou há um tempo querendo conhecer melhor alguns produtos.

compras+2012+14

Eu também tenho alguns filtros solares para encomendar, mas nem sei se irei conhecer todos, pois depois de fevereiro devem surgir novos produtos, mas listaria alguns:

- Mentholatum Skin Aqua Sara-sara-Milk SFP 50+/ PA+++

compras+2012+15

Gostei da fórmula dele, tem Óxido de Zinco, Uvinul A Plus e Tinosor S, acredito que este protetor deve ser levemente matificante, com um acabamento mais neutro na pele, principalmente por ser “sara-sara” (fresco, liso).

- Nivea Sun Protect Mild Milk SPF 50+/ PA+++

compras+2012+16

Filtro 100% físico, livre de álcool e perfume, indicado para peles sensíveis. Estou esperando chegar para testar e observar o grau de matificação dele e se ocasiona efeito oclusivo na minha pele. Uma leitora do blog usa e gosta bastante, parece que não dá white cast.

- Omi Menturm Sun Bears Super SFP50+ PA+++

compras+2012+18O produto é da mesma empresa dos filtros Solanovel e fiquei curioso em testar este filtro porque tem filtros físicos, hidratantes, Licorice e pó absorvente do brilho e para deixar a pele com acabamento  suave e prevenir white cast. Deve ser mais um daqueles filtros sem álcool que fica levemente matificante na pele.

- Omi Solanoveil Watery Gel SPF50+ PA+++

compras+2012+17

Muito curioso também para testar outro filtro da Solanoveil, mas está sempre esgotado. Tem vários filtros UV-A/B na fórmula, textura gel aquoso – será parecido com o Bioré Essence Water Base? – mas sebum resistente.

E ainda não terminou, se for “possível” quero testar o Shiseido Urban Environment Oil-Free UV Protector SPF 42 PA+++, como o nome já diz, é um protetor solar urbano, para uso diário e indicado para peles oleosas. Ele tem 8,6% de Óxido de Zinco,  que seria uma porcentagem ideal para evitar oclusão dos poros. É resistente à água e ao suor.

O que diz as alegações: “Protege contra as três principais causas de danos às células da pele: os raios UV, oxidação e excesso de produção de sebo. Formulação ultra-leve, espalha facilmente e contém pós minerais e extratos vegetais para manter um bom acabamento dos poros e controle do brilho.”

Como ele é da versão global, acredito que deve ser levemente mate ou com acabamento sofisticado. Possivelmente será vendido no Brasil.

compras+2012+19

E se puder sonhar, tem um lançamento da linha global a Shiseido, o Ultimate Sun Protection Lotion + SFP 50+ PA+++:

compras+2012+20

É um protetor solar para exposições intensas, indicado tanto para o corpo quanto o rosto, o diferencial é a sua altíssima proteção UV-A e UV-B de amplo espectro  pois conta com uma tecnologia chamada Super-Veil 360, que permite uma cobertura mais homogênea, mantendo a proteção mesmo em superfície irregular da pele.

Os ingredientes dele conta com 19,3 de Óxido de Zinco, alem de outros filtros físicos e químicos.  Seria o equivalente a uma SPF 80 ou superior. Acabamento transparente, mesmo após reaplicações e sem sensação pegajosa. Não sei dizer – ainda – se ele teria acabamento mate, acredito que não deve ser oleoso como os filtros ocidentais. Mas além da grande proteção, ele conta com outros ingredientes que protegem as células da pele, envelhecimento, manchas e previne ressecamento. Seria preferível usá-lo para longas exposições, pois é resistente á água  transpiração e atrito com areia da praia. O melhor: 100 ml.

Como falei, são “possibilidades” ou melhor, vai depender da minha renda (rs), pois já me satisfaço com meus filtros atuais.Mas fica a critério de indicação. Mas tenho que admitir que meus olhos brilharam com o último produto e ficaria realizado se conseguisse suportar um filtro solar com grande quantidade de filtros minerais; que tivesse acabamento semi-fosco e semi-mate; não esturricasse ou inflamasse meus poros. Posso sonhar? Até cogitaria a hipótese de aplicar somente uma vez ao dia.

Concluindo minha “pequena” lista de desejos, também pretendo testar o Paula’s Choice Resist BHA 9%, um produto que parece espetacular – pelo menos o review dele é – que serve para mil tipos de imperfeiçõestranstornos da pele: espinhas, cravos, poros dilatados e/ ou entupidos, hiperplasias, manchas, linhas, rugas, escamosidades, milias, etc.

A concentração de Ácido Salicílico dele é superior, de forma geral, um produto eficiente costuma ter 2% de Ácido Salicílico bem formulado (leia sobre isso aqui), agora imaginem um produto com 9%? É praticamente um peeling. Eu necessito dele para manter em casos especiais (um cravo indesejável, hiperplasias.. possível espinha…) e conta com a comodidade de ter um Deluxe Sample de 0,83 ml que poderia ser indicado para situações que eu assinalei.

compras+2012+21Bom, os produtos partem de escolhas pessoal, muito subjetivo, seguindo meus cuidados e necessidades. Espero conseguir testar – quase – todos, assim, teremos resenhas por um bom tempo.

Deixe-me saber quais foram o melhores do ano na opinião de vocês. E também compartilhem de sugestões para compras futuras.

Como não sei se esta será a última postagem do ano, gostaria de deixar meu profundo agradecimento a todos que acompanham meu blog, pois embora não seja o mais período em termos de publicações, meus leitores são fieis, críticos e acima de tudo, gentis – sim, tenho que agradecer por nunca aparecer um louco ou grosseiro por aqui.

Gostaria de ressaltar que, assim como o Pedro e a Meire, compartilho de leitores buscam sempre encontrar novos produtos, não importa a barreira da língua ou distancia, pois quando comecei a escrever sobre produtos asiáticos, existia uma certa resistência em adquirir produtos do oriente e hoje tenho leitores que são divulgadores de novidades, ou melhor, pesquisam, compram e compartilham e agora sou eu que aprendo com vocês!

Feliz 2013!!

Shiseido Aqualabel White UP Emulsion S

13 set

Quem acompanha o meu blog já deve ter lido em resenhas anteriores sobre a linha Aqualabel White, da Shiseido, voltada para prevenção de manchas ocasionadas pelo sol e inflamações. Primeiramente eu comentei sobre a linha de forma geral, destacando a filosofia de “saturar a pele com umidade”, e descrevendo os produtos principais, mas na versão R (Rich), indicada para quem precisa de uma hidratação mais densa, como as peles secas ou desidratadas.

Posteriormente, eu comecei a usar os mesmos produtos, mas com a versão S (Supple),  para uma hidratação mais leve, indicada para peles normais, combinadas ou oleosas, comentando sobre a Aqualabel White UP Lotion S Desta forma, sugiro que leiam as postagens anteriores para melhor compreensão, pois nesta resenha eu volto a escrever sobre a emulsão hidratante, mas a Aqualabel White UP Emulsion S:

O que diz na embalagem: “melhora a aparência de manchas e escurecimento da pele. Um hidratante clareador para uma pele mais translúcida e visivelmente mais luminosa“. De ser usada logo após a limpeza e tonificação da pele.

A textura é de uma loção levíssima, se não fosse a consistência branca, praticamente ia parecer água. Deve ser a emulsão mais “soft” que eu já experimentei. Eu diria que é a mesma sensação e consistência de um gel: leve, aquoso, refrescante e com absorção rápida. O que “peca” na embalagem, por ter esta textura, é a saída dosadora muito larga: o produto escorre fácil e há desperdício no manuseio. Eu acabo sempre tendo que usar o restante no pescoço:

A quantidade sugerida para a face é do tamanho de uma moeda de 50 centavos, mas eu uso um pouco mais. Como observado na foto acima, a pequena quantidade que eu usei permitiu um excelente espalhamento para todo o rosto, deixando a pele levemente úmida no primeiro instante, mas em poucos segundos o produto é absorvido completamente.

Eu fiz o teste em várias situações distintas, com a pele limpa imediatamente após a purificação ou após um tônico e a absorção é plena. Não fica sentimento oleoso ou pegajoso. A pele ganha um aspecto confortável e toque macio. Eu gosto bastante de usá-la, pois não sinto nenhum desconforto e minha pele não ganha brilho – nem aquele de umidade – e eu posso usar outros produtos minutos após aplicar esta emulsão.

Toda noite eu aplico, pelo menos, dois tipos de ácidos: Salicílico em loção e alterno Vitanol (Retinóico) com Azelan (Azeláico), e com a combinação da emulsão e estes produtos, a pele na manhã seguinte está mais suave, oleosidade equilibrada e com aspecto mais claro.

De todos os produtos da Aqualabel White que eu já usei, indicaria, pelo menos, esta emulsão. Ela apresenta os mesmos ativos, mas num acabamento mais agradável.

Inicialmente, discutimos aqui em comentários anteriores, sobre a lista de ingredientes da emulsão. Ela tem álcool com segundo ingrediente na lista. Porém, muito próximo há a presença de Óleo Mineral. Bom, eu posso confirmar que que eles se antagonizam, pois não há sensação nem do primeiro quanto do segundo, ou seja, a pele não fica ressecada ou oleosa, pelo contrário, parece um justo equilíbrio. O que ajuda a minimizar a sensação de álcool é a presença de Glicerina, umectante natural, e Dipropylene Glycol, outro umectante, entre os principais ingredientes; Dimethicone, silicone oclusivo e, claro, Óleo Mineral que é outro excelente agente oclusivo e que previne ressecamento – e o coitado virou bode expiatório no mundo dos cosméticos.

Além disso, há dois derivados de Ácido HialurônicoSodium HyaluronateSodium Acetyl Hyaluronate, sendo este último uma geração de Ácido Hialurônico desenvolvida pela Shiseido e que promete absorver o dobro de umidade comparado com a versão original.

O principal agente clareador é o Ácido Tranexâmico, que já descrevi nas resenhas anteriores e é usado na prevenção de manchas, principalmente decorrentes no processo inflamatório – sim, ele é anti-inflamatório e a Shiseido usa este ingrediente em produtos tanto para clareamento quanto para peles sensíveis, peles propensas à acne.. – por agir na inibição da produção de melanócitos e indiretamente, previne e atenua manchas. A concentração de Ácido Tranexâmico em tratamento tópico consiste, em média,  entre 3 a 5%, e pela lista de ingredientes, esta emulsão deve ter 2 a 3%. A leitora Silvana comentou que a versão cream tem 2%.

Além do Ácido Tranexâmico, a emulsão também tem dois extratos (Saxifraga SarmentosaPaeonia Suffruticosa) que, segundo a empresa, agem na epiderme para promover renovação celular e, assim, previne o acúmulo de melanina. Desta forma, Aqualabel White UP atua por  por dois mecanismos diferentes de prevenção/ tratamento de manchas: inibição da hiperpigmentação pós-inflamatória e renovação da epiderme.

-Lista Completa de Ingredientes:

Water, Alcohol, Dipropylene Glycol, Glycerin, Mineral Oil, Tranexamic Acid, Dimethicone, Glyceryl Diisostearate, Phenoxyethanol, Sodium Acrylate/ Sodium Acryloyldimethyl Taurate Copolymer, Isohexadecane, PEG-60 Hydrogenated Castor Oil, Acrylates/ C10-30 Alkyl Acrylate Crosspolymer, Polysorbate 80, Isostearic Acid, Carbomer, Sorbitan Oleate, Disodium EDTA, Potassium Hydroxide, Lauryl Betaine, Fragrance, Erythritol, PEG/PPG-14/7 Dimethyl Ether, Butylene Glycol, Sodium Metabisulfite, Sodium Hyaluronate, Saxifraga Sarmentosa Extract, Lactic Acid, Paeonia Suffruticosa Root Extract, Magnesium Chloride, PCA, Sodium Acetylated Hyaluronate, Sodium Hydroxide, Caldium Chloride, Polyquaternium-51, PEG-30 Soy Sterol, Hydrogenated Licithin, Sodium Benzoate, Trisodium EDTA, Citric AcidFrasco com 130 ml.

Ácido Tranexâmico virou meu “amigo” em cuidados da pele, pois noto visivelmente um tom mais translúcido quando uso continuamente e, de todas as linhas que eu tenho comentando, Aqualabel White ganha em sinais positivos em termos de elogios! Eu endosso a lista. Quero conhecer outros produtos com Ácido Tranexâmico.

A Shiseido tem este ingrediente nas seguintes linhas: “White Lucent“, “Elixir White”, “Etusais” e “D Program”.

Como eu sempre afirmo, eu não tenho pele pigmentada, então, não há como avaliar a eficácia no processo de clareamento de manchas,  ressaltando, no entanto, que eu utilizo produtos como Ácido Tranexâmico, Extrato de Camomila, Niacinamida, como forma de prevenir manchas avermelhadas e até mudança na tonalidade da pele – bronzeado zero, coisa de gueixo.

O que sempre acabam me perguntando quando eu comento sobre um produto clareador é se o mesmo é melhor que “produto X”? Não tenho como responder, pois não há estudos assim. Qualquer texto que vocês tenham lido, fazendo comparações entre produtos, será meramente subjetivo. Eu posso dizer, de forma opinativa, que “hidrante X”  foi melhor que “hidratante Y” para a minha pele, mas estarei agregando “Ns” fatores para chegar nesta conclusão e partindo do meu tipo de pele, necessidade, estilo de vida, clima, compreendem?

A loção Hadalabo, por exemplo, tem dois ingredientes com ação clareadora (arbutin e vitamina C), mas que agem por vias diferentes na prevenção de manchas, comparada com a Aqualabel White. Na minha observação, o melhor caminho é usar produtos com ação clareadora e mecanismo diferentes de atuação, tanto de forma conjugada ou em ciclos periódicos de tratamento.

Vitamina C, Niacinamida, Ácido Tranexâmico, Arbutin, são ingredientes que podem ser encontrados em cosméticos para prevenir hiperpigmentação da pele e indicados para uso diurno. No tratamento noturno, prefira produtos como tratamento e acompanhados por um dermatologista. Independentemente disso, como há uma gama de ingredientes clareadores e encontrados em diversos tipos de cosméticos, se eu tivesse manchas, usaria produtos whitening de diferentes maneiras: sérum com Vitamina C; emulsão com Niacinamida; protetor com Arbutin, etc.  Simples assim!

Mas, concluindo, Aqualabel White UP S Lotion é mais uma via de cuidados contra distúrbios pigmentares, destacaria a textura agradável do produto e o resultado que, senão ajudar no clareamento das manchas, pode prevenir o escurecimento delas e melhorar o tom desigual da pele. Além do mais, torna-se um coadjuvante na hidratação de peles mistas e oleosas e até mesmo em peles com sintomas de rubor.

 Onde comprar: no site Adam Beauty. No Ebay há vendedores que disponibilizam tanta na versão com 130 ml e 75 ml. No Brasil, com a vendedora Vânia, que consegue também em duas versões (mas tem que deixar na “reserva” porque sempre esgota!). Preço médio: $ 84, 70 (130 ml).

Shiseido Aqualabel White UP Lotion S

6 ago

A resenha de hoje não é novidade, pois eu já escrevi sobre este produto há pouco tempo. Porém, no primeiro teste eu usei uma versão indicada para peles mais secas, o que não é o meu caso. Hoje eu irei descrever brevemente a versão para peles mistas e oleosas:

Aqualabel White UP Lotion S

Para entender melhor o conceito por trás da linha Aqualabel White, sugiro a leitura da resenha citada, mas este produto seria voltado para tratar e prevenir manchas escuras, tanto ocasionadas por sol quanto por inflamações, e tornar a pele mais luminosa.

Como citei, o primeiro teste que eu fiz foi com a versão R (rich), rica em hidratação, indicada para peles normais/ secas/ desidratadas. Apesar da recomendação, eu consegui usá-la de forma bem agradável: o produto não ocasionou oleosidade e conseguiu manter  a minha pele com aspecto hidratado, embora para um resultado mais satisfatório, deve-se usar a emulsão logo após.

A minha loção atual, versãoS (sample), leve, é ainda mais agradável, pois é bem aquosa e refrescante. Num comparativo com algum produto nacional, seria semelhante ao Bepantol Derma Solução, aquele tipo de loção sem muita viscosidade. Você pode saturar a pele com a loção que a mesma não ficará oleosa, mas com uma sensação de pele bem cuidada.

Ela tem uma saída dosadora que evita desperdícios, eu despejo algumas gotas na palma da mão e aplico sobre a face. A absorção é quase que imediata. Após alguns segundos, você pode usar outros produtos. Deve ser usada pela manhã e à noite, logo após a limpeza:

Os dermatologistas indicam hidratar a pele depois da limpeza, pois é neste momento que a pele perde umidade e pode ficar com a barreira natural comprometida. Então, é o momento ideal para usar o seu hidratante, aproveitando a pele ainda úmida para absorver melhor o produto e proporcionar hidratação.

Eu tenho o hábito de primeiro higienizar o meu rosto na pia do banheiro e só após que vou para o banho. Sendo assim, quando inicio os meus cuidados faciais, com emulsões e ácidos, a minha pele já estará “seca”. O que eu faço? Eu saturo a minha pele com bastante umidade, usando uma loção asiática e, imediatamente, aplico uma emulsão hidratante. Ela funciona para mim como uma “água termal”.

Eu já testei várias loções, mas a Aqualabel White UP tem funcionado perfeitamente. Primeiro porque ela cumpre a função de uma típica loção(tônico) asiática: suavizar a pele após a limpeza e prepará-la para o tratamento posterior. Os asiáticos fazem disso um “ritual”.

O segundo ponto é que o princípio ativo desta loção, o ácido tranexâmico, ajuda a “acalmar” a minha pele. Por mais suave que seja a limpeza, eu fico com a pele levemente vermelha, talvez pela massagem facial que eu faço durante o ato.

O terceiro benefício que eu destaco é a umidade que ela proporciona: como tem dois derivados de ácido hialurônico, além de glicerina, que são excelentes umectantes. Nos raros dias frios e cinzentos aqui no Rio, eu usava apenas a loção como agente umectante e não tive problemas. Mas eu sugiro manter um produto mais encorpado, como emulsões, para uma hidratação contínua.

A loção tem álcool, mas não está no topo da lista de ingredientes, por isso eu não o sinto na pele. Tem perfume, um odor floral refrescante e agradável.

O principal ingrediente de clareamento é o ácido tranexâmico, que vem sendo usado tanto em tratamentos tópicos, em forma de loções e cremes clareadores; quanto em injeções intradérmicas, em pacientes com melamas. Neste estudochefiado pela dermalogista Denise Steiner, comenta que:

“O ácido tranexâmico (AT), que é uma droga hidrofílica inibidora da plasmina, classicamente utilizada como agente antifibrinolítico, tem sido estudado como alternativa para o tratamento do melasma. Estudos recentes revelaram que seu uso tópico previne a pigmentação induzida por UV em cobaias e que seu uso intradérmico intralesional produz clareamento rápido (…) o ativador de plasminogênio, que é gerado pelos queratinócitos e apresenta níveis séricos aumentados com o uso de anticoncepcionais orais e na gravidez, aumenta a atividade dos melanócitos in vitro, e o bloqueio desse efeito pode ser o mecanismo parácrino por meio do qual o AT reduz a hiperpigmentação do melasma”

Na imagem abaixo, o resultado – que eu vejo como bem sutil – em pacientes com melasma após o tratamento com injeções intradérmicas de ácido tranexâmico:

No mesmo estudo, eu não achei fotos legíveis sobre o uso tópico, mas há alguns dias o Pedro, do blog East to West Skin Care,  compartilhou um review do serum Intensive Spot Targeting Serum+ da linha White Lucent que também usa o  ácido tranexâmico como agente clareador:

Eu achei notável, sei como meus leitores sofrem um bocado com medicamentos para clarear manchas e alguns reclamam de efeitos insatisfatórios. E, claro, são produtos diferentes, o serum da White Lucent, conta ainda com outros dois clareadores: um derivado da vitamina C  e um clareador desenvolvido pela empresa, o 4MSK. Eu diria que a linha Aqualabem White é a prima pobre e a White Lucent, a prima rica. Sem desmerecer a primeira, é pelo aspecto de custo mesmo. 

A concentração média em agentes tópicos para tratamento é de 3% de ácido tranexâmico, acredito que deve ser a quantidade usada em produtos de clareamento asiáticos. Além do AT, a loção conta com um complexo clareador que remove as células mortas e o excesso de melanina: extrato de saxifraga e extrato de peônia:

Na minha série de resenhas sobre clareadores asiáticos eu comentei um pouco mais sobre o ácido tranexâmico e outros produtos da Shiseido que utilizam o ativo, inclusive para o tratamento de acne e manchas pós-inflamatórias.

A Lista de Ingredientes completa você pode encontrar no Ratzilla Cosme.

Eu indicaria o uso da loção White UP S,  emulsão White UP S e o serum Bright White EX para obter melhores resultados.

Depois que eu fiz a primeira resenha e alguns leitores usaram a loção e a emulsão, recebi um feedback muito positivo: melhora no tom irregular da pele e redução de manchas vermelhas. Usado apenas como um tratamento cosmético já é um bom começo, não acham?

 – Onde comprar: no site Adam Beauty, Ebay e no Brasil, com a vendedora Vânia (sugiro, se for comprar com ela, reservar o seu produto, pois dificilmente ela consegue publicar devida à procura). Preço médio: 24 dólares. Frasco de 200 ml.

Ranking Goober: Filtros Solares Japoneses

3 ago

Sentiram a pretensão?

Há pouco mais de um ano eu comecei a usar filtros solares asiáticos e estava listando TODOS que eu usei e, nossa, a lista não é pequena. De versões maiores (60 ml), menores (28 ml), texturas (gel, loções…), eis os produtos:

ranking+filtros+solares

1 – Bioré UV Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

2 – Bioré UV Perfect Bright Face Milk SPF 50+ PA+++

3 – Sofina UV Perfect Lucent SPF 50+ PA+++ (descontinuado)

4 – Omi Solanoveil Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

5 – Nivea Sun Protect Water Milk Mild SPF 50+ PA+++

6 – Sofina Jenne Day Protector SPF 50+ PA+++

7 – Omi Solanoveil Medicated Bihaku White Milk SPF 50+ PA+++

8 – Sofina UV Perfect White Protect SPF 50+ PA+++

9 – Omi Solanoveil Protect Face Milk SPF 50+ PA+++

10 – Kanebo Allie Extra UV Protector Perfect Alpha SPF 50+ PA+++

11 – Bioré Aqua Rich Watery Mousse SPF 50+ PA+++

12 – Omi Solanoveil Watery Gel SPF 50+ PA+++

13 – Bioré Aqua Rich Watery Essence Water Base SPF 50+ PA+++

14 – FT Shiseido Senka Mineral Water UV Gel SPF50 PA+++

15 – Shiseido Anessa Perfect UV Sunscreen SPF 50+ PA+++

16 – Kanebo Allie Extra UV Gel Mineral Moist SPF 50 PA+++

17 – Kosé Medicated Sekkisei SPF 50+ PA+++

18 – Kanebo Allie Extra UV Protector (Whitening) SPF 50+ PA+++

19 – Shiseido Anessa Perfect Essence Sunscreen SPF 50 PA+++

20 – Sofina Beauté Day Protector SPF 50+ PA+++

Todos estão com links informativos sobre indicações e lista completa de ingredientes.

A lista segue uma ordem decrescente de cunho pessoal do mais mate/ seco ao mais úmido.

Destes, eu já recomprei vários: já usei três frascos do Sofina Jenne, estou no terceiro Allie Perfect Alpha – irei testar a nova versão dele, então, a lista vai aumentar – e tenho um segundo frasco Sofina White. E você ainda consegue fazer “render” um filtro solar facial por três meses, hein?

O meu “ranking” leva em conta o perfil da minha pele (fototipo III, clara e rosada, muito oleosa e sensível), as condições climáticas (moro no Rio de Janeiro) e pode variar conforme a época do ano e tratamento que eu estou fazendo. Por isso, um filtro como Sofina White que se comportar muito bem na minha pele, no inverno não fica atraente no verão.

- Top 3: The Best:

1 – Allie Extra UV Protector Perfect Alpha SPF 50+ PA+++

A textura loção mais encorpada deste produto é o que eu mais me atraiu, pois não sou fã de loções fluidas, leitosas demais ou cremes e este produto não “pesa” na minha pele. Ele não é matificante, mas a minha pele não fica mais oleosa do que já é. A proteção dele é umas das melhores eu já usei. Se eu tivesse que fazer um “tour” na Ilha de Lost seria com ele.

Update: 09/08: testei a versão 2012 do Allie Perfect Alpha e continua muito parecida, eu diria até que melhorou:  a textura continua igual, loção com  excelente espalhamento, absorveu rápido e sem deixar resíduos brancos. Continuará sendo o meu titular.

 2 – Sofina Jenne Day Protector SPF 50+ PA+++

Um incrível filtro com textura mate e hidratante. Confuso? Só testando. Ele se comporta bem em qualquer tratamento e consigo usá-lo em épocas frias.

3 – Bioré UV Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

A porta de entrada para o mundo dos filtros japoneses. Há um a.B (antes do Bioré) e d.B (depois do Bioré). Demorei 19 anos para conseguir usar um filtro decente e que tornasse a minha pele com acabamento mate, bonita e oleosidade controlada por bastante tempo.

- Top 3: The Worst:

1 – Anessa Perfect Essence Sunscreen SPF 50 PA+++

Uma decepção total. Ele está longe de ter o padrão dos filtros japoneses que eu usei. Na minha pele ele tornou-se pegajoso e só consegui usá-lo duas vezes na face e, depois, terminei meu tubo usando-o no pescoço. A linha Anessa tem até boa aceitação em resenhas aqui no Brasil, mas deve ser por que ainda não testaram filtros da marca Sofina e Bioré.

2 – Sofina Beauté Day Protector SPF 50+ PA+++

Ele está na minha lista só por ser úmido demais, pois usei a versão para peles mistas e oleosas, mas a cosmética pegajosa me desapontou. Entretanto, tem a excelente qualidade dos produtos da linha Sofina Beauté e ao longo das semanas, a pele ficava muito bem cuidada.

3 – Kanebo Allie Extra UV Protector (Whitening) SPF 50+ PA+++

Pode ser uma injustiça incluí-lo aqui, mas foi outro filtro que eu não consegui usar por muito tempo. Percebi, embora não seja um padrão, que filtros com propostas clareadoras são mais úmidos na pele. Mas é um protetor muito bom para quem não tem pele muito oleosa e com tendência a manchas.

- Uma decepção:

- Kanebo Allie Extra UV Gel Mineral Moist SPF 50 PA+++

Eu ia jogá-lo na minha lista dos “piores”, mas isso ia ser uma heresia e chocar a blogueira Ratzilla e os leitores da @Cosme (tá, exagero!!). Este protetor já entrou no “ranking” da Ratzilla e por dois semestres consecutivos esteve na lista das melhores cotações de proteção solar da @Comes. O “ranking” da @Cosme é feito por leitores e consumidores e não por empresas com fins de marketing e lucro.

Eu já tentei usá-lo em várias condições (calor, frio, com a pele mais seca por causa dos ácidos..) e é sempre complicado me ver no espelho, parece que estou com uma máscara sobre a pele, pois fica um brilho permanente, mas no meu caso, é diferente daquele brilho de pele hidratada. Eu tenho um frasco aqui que já dura cinco meses, juro, estou tentando apreciá-lo de alguma forma.

- Uma surpresa:

- FT Shiseido Senka Mineral Water UV Gel SPF50 PA+++

Eu realmente adorei a textura gel deste produto. É tão gosto de aplicar, fácil de espalhar, mas ele é um filtro “neutro”: nem mate, nem oleoso. Mas não indicaria para uma pele muito oleosa. Se a minha pele não estiver com nada por baixa para segurar a oleosidade, um tempo depois eu tenho que passar um produto com essa finalidade. Se ele fosse semi-fosco como o Sofina Jenne e com os ingredientes do Allie Perfect Alpha estaria no meu topo com toda certeza.

- White Cast: como um dos principais ingredientes de proteção solar nos filtros asiáticos é o óxido de zinco, pode ocorrer de alguns desses produtos deixarem resíduos brancos na pele (white cast), mas de forma leve, é bem leve mesmo, quase que uma palidez. A maioria dos produtos citados aqui usa nano-partículas de filtro mineral, por isso, são leves e até transparentes se comparados com outros filtros com ingredientes similares.

E, claro, vai depender muito do seu fototipo de pele. As com fototipos I e II têm melhor adaptação; as fototipos III, vai depender da reaplicação. Acima desses, podem observar “white cast”. As avaliações foram feitas observando não só a minha pele como de outras pessoas que também usaram, além do tipo de luminosidade. Há filtros que você usa e parece bem transparente, porém, em ambientes com luz fria a pele pode ser tornar diga da série “Twilight”. Mas ressaltando que:

- Eu aplico uma generosa camada de protetor que é 2mg/cm2 para a face. É o indicado para obter o Fator de Proteção Solar da embalagem.

- Faço outra aplicação no meio do dia.

Assim, para visualizar um possível “white cast“, minha pele tem que estar bem coberta de produto.

Eu citaria os seguintes em ordem decrescente de “white cast”:

1 – Bioré UV Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

2 – Omi Solanoveil Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

3 – Omi Solanoveil Medicated Bihaku White Milk SPF 50+ PA+++

4 – Bioré Aqua Rich Watery Mousse SPF 50+ PA+++

5 – Nivea Sun Protect Water Milk Mild SPF 50+ PA+++

6 – Bioré UV Perfect Bright Face Milk SPF 50+ PA+++

7 – Omi Solanoveil Protect Face Milk SPF 50+ PA+++

8 – Sofina Jenne Day Protector SPF 50+ PA+++

9 – Kanebo Allie Extra UV Gel Mineral Moist SPF 50 PA+++

10 – Sofina UV Perfect White Protect SPF 50+ PA+++

*É difícil listar, são diferenças mínimas, mas os dez acima são os mais prováveis de ocorrer “white cast”.

11 – Sofina Beauté Day Protector SPF 50+ PA+++

12 – Kosé Medicated Sekkisei SPF 50+ PA+++

13 – Kanebo Allie Extra UV Protector (Whitening) SPF 50+ PA+++

14 – Kanebo Allie Extra UV Protector Perfect Alpha SPF 50+ PA+++

Algumas pessoas podem apresentar sensibilidade com filtros minerais, o mais comum é sentir uma sensação de “sufocamento” ou  “secura”, porque os filtros minerais não são absorvidos na pele, eles criam uma barreira sobre a mesma. A Dra. Cynthia Bailey, dermatologista americana, sugere neste artigo o uso de um hidratante para quem faz uso diário de protetores físicos.

Em outro artigo, a médica cometa que: Os  protetores solares minerais óxido de zinco micronizado e dióxido de titânio podem obstruir os poros em pessoas realmente sensíveis.” Porém, ela enfatiza que o óxido de zinco fornece uma proteção superior que ela recomenda aos pacientes com peles propensas à acne que façam uso de um bom produtos de limpeza dos poros do que usar um filtro inferior.

Eu tenho problemas quando uso o Bioré Milk por um longo período de tempo, fico om alguns cravos avermelhados, por isso ele não entrou no topo da minha lista de preferidos. Alguns leitores comentaram do mesmo incidente, portanto, se você é um deles, há os filtros que são totalmente transparentes:

- Omi Solanoveil Watery Gel SPF 50+ PA+++

- Bioré Aqua Rich Watery Essence Water Base SPF 50+ PA+++

- FT Shiseido Senka Mineral Water UV Gel SPF50 PA+++

- Shiseido Anessa Perfect Essence Sunscreen SPF 50 PA+++

- Shiseido Anessa Perfect UV Sunscreen SPF 50+ PA+++

Gostaria de lembrá-lo que é uma seleção subjetiva e você pode discordar de tudo. Num futuro próximo, pretendo fomentar com os meus amigos blogueiros e viciados em filtros asiáticos para criarmos um “ranking @come” nosso e compartilhar com os leitores. Mas deixe-me saber qual é o seu “ranking” pessoal.

Quer saber mais sobre os produtos listados e avaliar a opinião de outros blogueiros? Aqui no meu blog você pode acessar algumas resenhas:

- Kanebo Allie Extra UV Protector Perfect Alpha

- Anessa Perfect Essence Sunscreen e Anessa Perfect UV Sunscreen

- Sofina Jenne Day Protector

Nivea Sun Protect Water Milk Mild SPF 50+ PA+++

Omi Solanoveil Medicated Bihaku White Milk SPF 50+ PA+++

Omi Solanoveil Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

Omi Solanoveil Protect Face Milk SPF 50+ PA+++

No site Beleza e Saúde, eu escrevi sobre:

- Bioré Aqua Rich Watery Mousse e Sofina UV Perfect White Protect

- Bioré UV Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

No blog Vaidade Derme, o Edu escreveu também sobre dois filtros:

- Bioré UV Perfect Face Milk SPF 50+ PA+++

- Sofina Jenne Day Protector

Claro que não poderia faltar o Pedro, do East to West Skin Care, que foi “progenitor” deste vício aqui no país:

- Bioré Aqua Rich Watery Mousse

- Sofina Jenne Day Protector

- Bioré Aqua Rich Watery Essence

- Kanebo Allie Extra UV Protector (Whitening)

- Kosé Medicated Sekkisei SPF 50+ PA+++

A Meira, do Salada Médica, não ficou de fora e logo de “tacada” resenhou o Bioré UV Perfect Face Milk e Perfect Bright Face Milk

E, por fim, a Andrea, do Beauty Blog, escreveu sobre mais outros filtros:

- Shiseido Senka Mineral Water

- Allie Extra UV Protector Perfect Alpha e Mineral Moist

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 624 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto:
- nice8 - price6